Conceito.de

Conceito de coworking

Escutar o artigo

Coworking é como é chamado o espaço de trabalho compartilhado. Nesse local, que pode dispor de mobília e recursos como computadores, telefone, luz e acesso à internet. Ali profissionais de distintas áreas podem usufruir de uma infraestrutura especialmente desenvolvida para realizarem suas atividades.

coworking
Espaços de trabalho compartilhados estão presentes em vários países

O termo “coworking” é de origem inglesa e significa algo como “trabalho compartilhado”.

Num espaço compartilhado assim é possível, por exemplo, que haja profissionais de TI, redatores jornalistas, designers e outros compartilhando uma mesma mesa. E esses podem ser de uma mesma empresa, de empresas distintas ou, ainda, freelancers.

É comum que as chamadas startups adotem o uso desse tipo de espaço para o desenvolvimento das atividades. As startups são empresas que surgem para propor soluções para problemas específicos, geralmente com base na tecnologia. Há centenas de espaços assim no Brasil e no mundo.

Características do coworking

No geral, há um ambiente contendo uma mesma e ela é compartilhada por uma certa quantidade de pessoas, que se organizam em quatro, cinco ou seis indivíduos, por exemplo.

Dentre as vantagens que os profissionais encontram em alugar um espaço assim está a possibilidade de dividirem contas como de energia elétrica, telefone e água.

Mas além da sala onde se pode trabalhar, há o acesso a espaços como refeitório, recepção, banheiro e auditório, por exemplo.

Há como benefício ainda a possibilidade de construir um networking com outros profissionais ali.

Funcionamento do coworking

Esse tipo de espaço é geralmente alugado por pequenas empresas também, além de freelancers e profissionais liberais.

A pessoa que deseja trabalhar desde um coworking deve realizar um contrato de locação. E o tempo varia de acordo com o que se necessite.

– Talvez o objetivo seja realizar uma reforma no atual escritório da empresa, então ela resolve alugar um coworking por algumas semanas;

– Ou pode ser que o objetivo seja começar um novo negócio e a locação de um espaço assim seja vantagem.

Atualmente, existem planos por hora (talvez um indivíduo precise do local apenas por algumas horas do dia), por dia ou por mês. E existem os planos anuais também.

Os espaços de trabalho compartilhados têm se tornado ambientes preferidos de quem precisa trabalhar em equipe, algo que tem ajudado, inclusive, a melhorar a qualidade dos processos em diversos tipos de negócios.

Surgimento do sistema de compartilhamento de espaço de trabalho

conceito de coworking
Nos espaços de coworking é possível criar conexões importantes para o trabalho

Esse termo já havia sido usado desde o final dos anos 90, sendo que o primeiro a ter feito menção dele foi o designer de games chamado de Bernie de Kove. Kove tinha interesse em saber como o trabalho remoto (pela internet) acontecia.

Mas não foi apenas esse designer que contribuiu com isso, houve mais tarde a contribuição de dois empreendedores norte-americanos, junto com Brad Neuberg, para essa história, esses seriam os donos da Hat Factory, uma empresa onde eles compartilhavam o seu espaço de trabalho com outros profissionais. Dali em diante a adoção desse tipo de espaço ganharia notoriedade.

Países como Estados Unidos e também o Brasil aderiram a esse espaço especialmente para a instalação de negócios da área de TI e de comunicações. Mas além desses, profissionais e empresas da área de advocacia e engenharia, arquitetura, além de coachs também, aderiram a esse espaço de trabalho compartilhado.

Posto isso, qualquer pessoa ou empresa que precise de um espaço de trabalho se beneficia desse.

Hoje em dia, o coworking traz recursos como: salas privativas, estacionamento, estações compartilhadas, recepção, salão de reunião e mais. E há, inclusive, os espaços de convivência, que são locais onde se pode fazer rápidas refeições ou tomar um chá ou café, por exemplo.

Dos equipamentos que se pode ter acesso em espaços assim há: computador, impressora e telefone.

Esse tipo de local de trabalho pode ser alugado por qualquer pessoa ou empresa, não sendo obrigatório que se tenha algum tipo de registro profissional ou documento de abertura de empresa, por exemplo.

Coworking e escritório virtual

Similar a tendência do coworking há o escritório virtual, o qual muitos confundem com o primeiro.

Enquanto o coworking se caracteriza por ser um espaço de trabalho que é dividido por vários profissionais, o escritório virtual, na realidade, é um serviço onde se conta com atendimento telefônico, gerenciamento dos recados, endereço para receber correspondências e endereço fiscal.

Isso quer dizer que o escritório virtual não é um espaço físico onde se pode instalar um escritório e realizar atividades. Em verdade, esse serviço seria algo que complementa o coworking.

O escritório virtual oferece então um suporte administrativo para negócios que querem funcionar de forma remota.

Esses espaços não fornecem ajuda para as empresas e empreendedores, logo, não é esperado que eles ajudem os profissionais de nenhum modo.

Coworking temático

Existe ainda o espaço de trabalho voltado para um público específico, sendo esse o coworking temático. Esses locais são voltados para um segmento profissional, por exemplo: coworking para designers, para salões e beleza, etc.

Citação

SOUSA, Priscila. (22 de Agosto de 2022). Conceito de coworking. Conceito.de. https://conceito.de/coworking