Conceito.de

Conceito de cupom

Escutar o artigo

Cupom é um termo com origem no francês “coupon”, significando um recorte de um papel ou um vinco em papel.

cupom
Um cupom é um tipo de recorte em papel que concede algum benefício

O termo é amplamente utilizado para designar um impresso que concede a quem o possuir diferentes benefícios, tais como:

– Um cupom de desconto permite que um cliente adquira um produto ou serviço com uma empresa por um preço menor do que o anunciado: um desconto de 10%, de 20%, entre outros;

–  Já um cupom de sorteio ou cupom promocional é usado para que um cliente possa concorrer a algo que é sorteado por uma empresa.

Em alguns locais, é comum também o uso de “cupão de desconto” para se referir a esse impresso/cartão com benefícios.

Conceito de cupons de desconto

Um cupom de desconto se trata de um código que a empresa usa para reduzir o preço de alguns produtos/serviços. Era comum que as lojas oferecessem esses cupons para os clientes presencialmente, fazendo a impressão dos mesmos e entregando para um determinado púbico.

Nos Estados Unidos, por exemplo, era costume que em alguns jornais houvesse esses cupons. Isso ainda acontece, mas em menor frequência devido a disseminação da tecnologia e a chegada dos cupons digitais ou cupons online.

Com os cupons digitais não há a necessidade de realizar impressões. As empresas conseguem emitir uma infinidade desses cupons e os enviar para os clientes por diferentes meios, tais como: por e-mail, através das redes sociais, etc. Há diversas ferramentas hoje que permitem gerar cupons online.

Os cupons de desconto geralmente possuem um prazo de validade, qual é definido pela empresa que o concede. Em outros casos, eles tendem a expirar quando a promoção de uma loja é finalizada.

Uso de cupons de desconto no marketing

É comum hoje em dia que as empresas adiram aos cupons como uma forma de promoção. No caso de lojas online, pode ser oferecido um cupom para que o cliente faça a primeira compra numa loja, concedendo um desconto maior.

Uma das características desses cupons é que eles não são cumulativos. Além disso, não se pode usar mais de um cupom na mesma compra.

Cupom fiscal

Já o cupom fiscal se trata de um documento que torna oficial o processo de compra e venda de um produto ou serviço (usado nas negociações entre a empresa e o consumidor final).

Desse modo, se pode comprovar tanto os itens comercializados ou serviços contratados, como também os valores de uma transação. Nesse tipo de documento geralmente há dados do estabelecimento e também da compra tais como: endereço do estabelecimento, data e hora em que ocorreu a compra, forma de pagamento, etc.

No Brasil, a emissão desse cupom fiscal é realizada através de um programa que seja homologado junto à Secretaria da Fazenda do estado onde a empresa funciona.

Só que há algumas diferenças entre cupom fiscal e nota fiscal. A primeira delas é que no cupom fiscal o cliente não é identificado, mas na nota fiscal consta seu nome, endereço, etc.

Mais uma diferença entre esses dois é que o cupom fiscal necessita de um equipamento específico: o ECF (impressora fiscal). É através dele que se realiza a transmissão de dados e que se imprime as informações sobre as transações.

Enquanto isso, a nota fiscal possui ligação com o sistema de gestão que é suado pela empresa. E esse sistema costuma ter um módulo que emite as notas. O processo para isso é realizado através de uma conexão com a SEFAZ (Secretaria de Estado da Fazenda).

Cupons de sorteio

conceito de cupom
Um cupom ou código de cupom é um número que uma pessoa recebe para participar de um sorteio

Os cupons que são concedidos em sorteios geralmente possuem campos para inseridos dados como nome do cliente, algum documento, telefone, etc. E essas características valem para os cupons físicos e os digitais. Muitas lojas aderem a esses cupons a fim de atraírem mais compradores ou fidelizarem os atuais.

Cupom relativo a investimentos

O termo cupom ainda é usado em investimentos para se referir aos rendimentos são pagos de forma periódica. Esses cupons são os juros que os títulos de renda fixa geram para os investidores. A expressão é usada no Brasil e é comum quando se fala em investimentos como os do Tesouro Direto, onde se pode comprar títulos públicos.

Um exemplo seria no caso de um investidor adquirir um título de renda fixa com prazo de cinco anos. Contudo, ele não receberá os ganhos apenas no final da aplicação, ele receberia, antes desse prazo, uma porcentagem sobre o que foi investido.

A parcela paga possuirá um percentual determinado previamente para quele investimento. E a mesma é a que recebe o nome de cupom. E tal pagamento sucede independentemente do que acontece no mercado.

Os cupons tendem a ser pagos em períodos semestrais ou mesmo de forma anual. E não importa se as taxas de juros estarão subindo ou descendo, essa ocorrência, na maioria das vezes, não afeta os cupons.

Citação

SOUSA, Priscila. (8 de Janeiro de 2023). Conceito de cupom. Conceito.de. https://conceito.de/cupom