Conceito.de

Conceito de electrão

Escutar o artigo

Conhece-se como electrão a partícula elementar mais ligeira de que são constituídos os átomos e que apresenta a mínima carga possível de electricidade negativa. Trata-se de uma partícula subatómica que contorna o núcleo do átomo, e que é composto por protões e neutrões.

electrão
Os átomos são formados por electrões

Os electrões referem-se às atracções entre os átomos e produzem, através do seu movimento, corrente eléctrica na maioria dos metais. Foram descobertos pelo físico britânico Joseph John Thomson (1856-1906), embora a sua existência tenha sido sugerida pelo físico George Johnstone Stoney (1826-1911).

A massa do electrão é cerca de 1.800 vezes menor do que a massa do protão. Apesar de os electrões fazerem parte dos átomos, existem electrões que formam feixes no vazio ou que se trasladam de forma independente pela matéria. Se os electrões se deslocam fora do átomo, podem produzir corrente eléctrica.

A carga estática, por sua vez, surge quando os átomos de um corpo têm mais ou menos electrões do que aqueles que são necessários para equilibrar as cargas positivas do seu núcleo. Se o átomo tiver menos electrões, o corpo está carregado positivamente; se tiver menos, a carga será negativa.

O movimento de electrões permite que tenhamos corrente eléctrica nos nossos lares. Os televisores de tubo que emitem raios catódicos baseiam-se, por outro lado, num feixe de electrões que é desviado por um campo magnético até se projectar no ecrã fluorescente. Os semiconductores, os microscópios electrónicos, os transístores e as máquinas de soldar também utilizam electrões.

No português do Brasil, o termo usado para nomear essa partícula subatômica é elétron. Desse modo, a frase “o electrão se trata de uma partícula de suma importância para a formação dos átomos” no Brasil ficaria do seguinte modo “o elétron se trata de uma partícula de suma importância para a formação dos átomos”.

Características do electrão/elétron

conceito de electrão
A massa do electrão é por volta de 1.800 vezes menor que a do protão

Os elétrons ou electrões, até onde se sabe nos dias atuais, não podem ser divididos em partículas menores, desse modo, não existe algo menor do que eles. E é por isso que eles são chamados de partículas elementares ou fundamentais.

Ainda que o electrão seja classificado como uma partícula, o mesmo ainda conta com características ondulatórias. E isso quer dizer que o mesmo pode ter tanto o comportamento de uma onda ou quanto de uma partícula, dispondo de propriedades de ambas as estruturas.

No caso das partículas, ainda, elas contam com forma e posição determinada no espaço, ainda sendo conhecidos pela presença de massa. Já as ondas são conhecidas por serem perturbações no espaço, com essas não tendo massa e nem posição definidas, mas as mesmas podem conduzir energia e podem sofrer os fenômenos físicos de difração, interferência e reflexão.

Sobre a utilidade dos elétrons, eles possuem relação com a estabilidade elétrica dos átomos. Para entender essa função, antes é necessário entender que os átomos são compostos pelo núcleo e ainda pela eletrosfera. Sobre o núcleo, é ali onde estão os protões (no Brasil são conhecidos como prótons) e os neutrões (ou nêutrons no português brasileiro). Os elétrons podem se encontrar na região que é chamada de eletrosfera.

Prosseguindo, como os electrões e os protões têm cargas elétricas de magnitude similar e sinais opostos, há então uma atração mútua. Assim, os elétrons devem realizar a interação de forma eletroestática com os prótons, ajudando a fazer com que o átomo tenha estabilidade elétrica.

Posicionamento dos electrões

Segundo os conceitos da mecânica quântica, é impossível que se determine ao mesmo tempo a posição do elétron e a sua velocidade, ainda tendo precisão na medição. É por esse motivo que não se pode fazer a descrição de uma trajetória para a movimentação na eletrosfera.

Explicando de forma mais resumida o que foi citado acima, quando se determina a velocidade de um electrão de maneira precisa, então não se pode fazer o mesmo (de forma simultânea) com a sua posição, não há como saber a posição certa dele.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (24 de Fevereiro de 2012). Conceito de electrão. Conceito.de. https://conceito.de/electrao