Conceito.de

Conceito de socialismo

Escutar o artigo

O socialismo é um sistema de organização social e económica fundado na propriedade pública e na administração coletiva ou estatal dos meios de produção. Trata-se também de uma teoria filosófica e política que desenvolveu o filósofo alemão Karl Marx, e do movimento político que procura estabelecer este sistema.

O socialismo postula a regulação das atividades económicas e sociais por parte do Estado e a distribuição dos bens. Esta corrente defende que o controlo administrativo deve recair sobre os mesmos produtores ou trabalhadores e sobre o controlo democrático das estruturas políticas civis por parte dos cidadãos.

O socialismo surgiu no contexto da Revolução Industrial e teve como primeiros pensadores Saint-Simon, Charles Fourier e Robert Owen. Sendo que cada um desse pensadores atuava de acordo com o que acreditava ser pertinente.

Tais pensadores fizeram parte da primeira forma de apresentação do socialismo, sendo que esse ficou conhecido mais tarde como “socialismo utópico”. Em seguida chega o que se conhece hoje por socialismo (o socialismo científico), tendo agora como representantes teóricos como Friedrich Engels e Karl Marx. Por conta de ter Karl Marx como um de seus pensadores, ele ficou conhecido também como marxismo.

Basicamente, o que propõe o socialismo é extinguir a propriedade privada e conceder ao Estado o poder de realizar a divisão por igual dos bens. O que é totalmente contrário ao capitalismo, onde se defende a legitimidade dos bens privados e na liberdade do comércio e da indústria.

As definições de socialismo vão sofrendo alterações ao longo da história e consoante o interlocutor. A sua doutrina tende a ser associada à procura do bem comum, à igualdade social e ao intervencionismo estatal, por exemplo.

O socialismo nasceu como um sistema anticapitalista, embora nas últimas décadas tenham surgido movimentos que começaram a expressar certas divergências. Em termos políticos, a sua intenção é de construir uma sociedade sem classes subordinadas umas às outras, seja através da revolução, da evolução social ou de reformas institucionais.

Outra característica do socialismo é que a economia nele é controlada pelo Estado em sua totalidade: é o Estado quem determina o valor dos salários, os preços dos produtos e serviços, é quem regula o mercado, etc. Ou seja, o Estado tem um grande domínio sobre a economia num regime socialista.

As conversões para o socialismo tradicional tornaram-se mais evidentes a partir da Segunda Guerra Mundial, com a Guerra Fria e, posteriormente, com a desintegração da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (U.R.S.S.). Desde então, os regimes socialistas têm vindo a adoptar posturas mais flexíveis.

Nos dias que correm, países como Cuba, a China, a Coreia do Norte, a Líbia e o Vietname autodenominam-se socialistas.

É importante não confundir socialismo com comunismo. Esses dois costumam aparecer as vezes como sinônimo. Mas no caso do comunismo, ele é um sistema econômico e também político (ao contrário do socialismo que é apenas um sistema econômico) os meios e os bens de produção pertencem ao governo, ao contrário do socialismo onde os bens de produção são coletivos.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (12 de Maio de 2011). Conceito de socialismo. Conceito.de. https://conceito.de/socialismo