Conceito de cérebro




Mai 23, 12 Conceito de cérebro

Do latim cerebrum, o cérebro é um dos centros nervosos que constituem o encéfalo. Encontra-se na parte superior e anterior da cavidade craniana e aparece em todos os seres vertebrados.

Nos seres humanos, o cérebro pesa entre 1,3 e 1,6 quilos. O córtex cerebral (ou seja, a superfície do cérebro) aloja cerca de 22.000 milhões de neurónios, de acordo com os estudos médicos de renome.

O metabolismo celular produz a energia bioquímica utilizada pelo cérebro para desencadear as reacções neuronais. A energia é recebida pelas dendrites e emitida nos axónios em forma de moléculas de substâncias químicas que recebem o nome de neurotransmissores.

O cérebro é o órgão ao qual compete controlar e coordenar todos os movimentos do corpo e processar a informação sensorial. Por outro lado, trata de regular as funções homeostáticas, nomeadamente a pressão sanguínea, a temperatura corporal e os batimentos do coração.

O cérebro é, sem sombra de dúvidas, o responsável pela aprendizagem, pela cognição, pela memória e pelas emoções. O seu funcionamento é realizado através da interacção entre as suas diversas áreas.

O cérebro está dividido por uma fissura longitudinal que permite distinguir entre dois hemisférios cerebrais: o direito e o esquerdo. No que lhes diz respeito, cada um dos hemisférios apresenta outras fissuras, embora não tão profundas, as quais dividem o córtex cerebral em diferentes lóbulos.

Embora ambos os hemisférios sejam opostos, não são simétricos do ponto de vista morfológico. Por outro lado, convém destacar que apenas o humano parece mostrar diferenças de competências entre os dois hemisférios.