Conceito de identidade nacional




Fev 10, 11 Conceito de identidade nacional

Identidade é uma palavra de origem latina (identĭtas) que designa o conjunto de traços próprios de um sujeito ou de uma comunidade. Estas características distinguem o indivíduo (ou grupos de indivíduos) dos demais. A identidade também está vinculada à consciência que uma pessoa tem de si mesma.

A identidade nacional, por sua vez, é uma condição social, cultural e espacial. Trata-se de características que têm uma relação com um entorno político uma vez que, em geral, as nações estão associadas a um Estado (ainda que não seja sempre assim).

A nacionalidade é um conceito próximo da identidade nacional. As pessoas que nascem no Brasil, por exemplo, são de nacionalidade brasileira e são titulares de documentos legais que validam essa condição. Estes indivíduos têm, portanto, identidade brasileira.

No entanto, o aspecto mais simbólico da noção pode variar consoante o caso. Uma pessoa que nasça no Brasil tem nacionalidade brasileira e, aos cinco anos de vida, se for para fora (estrangeiro), pode perder ou descuidar, com o passar do tempo, (d)a sua identidade nacional. Se essa pessoa, depois de passar os seus primeiros cinco anos de vida no Brasil, viver os quarenta anos seguintes na Austrália, sem regressar nunca à sua terra natal, é provável que mantenha a sua nacionalidade do ponto de vista jurídico, mas não a sua identidade social ou cultural.

Noutros casos, a identidade nacional pode existir sem estar certificada por um documento legal. Os ciganos podem falar de identidade nacional apesar de a sua nação não contar com um território próprio ou um Estado que os ampare como colectivo social. Por conseguinte, um homem por ter nacionalidade espanhola ou de qualquer outro país e identidade cigana em simultâneo.