Conceito de pesticida


Nov 07, 14

Pesticida é um adjectivo que se utiliza em referência àquilo que permite batalhar contra as pragas. O termo também é usado enquanto substantivo para designar um composto químico que se aplica sobre uma superfície com a intenção de eliminar os organismos daninhos ou indesejados.

Neste sentido, pesticida costuma ser usado como sinónimo de insecticida já que, no âmbito rural, os insectos tendem ser as pragas que se pretendem manter afastadas dos cultivos pelos danos que causam nas plantas. Quando uma praga se afinca num campo, as perdas económicas podem ser milionárias.

Para além dos insectos, há outros animais (nomeadamente mamíferos) que se podem considerar como pragas, à semelhança dos micróbios ou certas espécies vegetais. Os pesticidas, por conseguinte, podem actuar sobre diversos agentes que estejam em condições de danificar cultivos ou transmitir doenças.

É hábito que as substâncias químicas usadas como pesticidas sejam venenosas, mesmo que aplicadas na medida certa, não devam causar problemas para os seres humanos. Porém, o uso excessivo de pesticidas pode ser tóxico.

Isto significa que os pesticidas têm dois lados. Por um lado, são necessários para controlar o estado de um cultivo, já que permitem afastar ou erradicar as pragas que possam provocar problemas. No entanto, o seu uso inadequado pode causar problemas de saúde à população e ao meio ambiente. Por isso, nos últimos anos, surgiram vozes desfavoráveis aos pesticidas e outras a favor de outros métodos de controlo de pragas, mais ecológicos.