Conceito.de

Conceito de rotação de culturas

Rotação de culturas é o nome que recebe uma técnica usada na agricultura. O método implica alternar os tipos de plantas que se cultivam num mesmo lugar com vista a não favorecer o desenvolvimento de doenças que afectam um tipo específica de culturas e evitar que o solo se esgote.

Isto significa que, com a rotação de culturas, as espécies que se plantam num terreno se vão alternando em ciclos que estão relacionados com as estações. Isto contribui para o controlo das doenças e das pragas, e melhora a eficiência dos culturas (se se plantarem diferentes espécies num mesmo terreno em simultâneo, deve-se analisar as várias necessidades de cada uma relacionada com a rega, o abono, etc.).

A rotação de culturas serve para minimizar o desgaste do solo. Inclusive, quando a técnica se desenvolve de maneira eficiente, reduzem-se as hipóteses de nascerem ervas daninhas, uma vez que o solo se encontra ocupado durante todo o ano. Outro dos benefícios é o aumento na reserva de húmus: ao alternar diferentes plantas, algumas que tendem a esgotar o solo com outras cujo aporte em matéria orgânica é maior que o seu gasto, estimulamos a actividade dos microorganismos do substrato que são generosos com o terreno, pelo qual se promove um solo mais saudável e vivo.

Uma opção para a rotação de culturas é alternar couves e cenouras, por exemplo. Isto permite reduzir o risco de aparecimento de pragas e doenças: se nesse terreno só se cultivarem couves, acabaria por aparecer pragas que atacam este tipo de plantas. O mesmo aconteceria se plantassem unicamente cenouras. No entanto, ao alternar entre ambas as espécies, o controlo seria mais simples, não sendo necessário recorrer a pesticidas químicos.

É importante conhecer as propriedades das plantas para determinar qual é o melhor ciclo a seguir na rotação de culturas. Isto permite potenciar o solo e reduzir o seu desgaste. Tudo isto faz parte do desenho da rotação de culturas, a fase de planificação que é absolutamente necessária para obter o maior número de benefícios.

A primeira coisa que se deve fazer para planificar o processo é determinar a duração total, devendo depois o solo descansar durante um tempo antes de voltar a ser usado para fins de produção; estima-se que uma média de 4 anos é o ideal para este tipo de método. Por outro lado está a divisão em grupos de plantas, o que deriva necessariamente numa sectorização da horta para a sua correcta distribuição.

Alguns grupos de plantas podem ser fixos, ou seja, não participar da rotação de culturas, mas permanecer no mesmo sítio durante todo o processo. Para evitar confusões, esse espaço deve estar correctamente delimitado e preferencialmente numa zona que não interfira no trabalho de rotação. Um exemplo deste tipo de cultivo são as flores ou as plantas que influem pouco na fertilidade do solo, como é o caso do ruibarbo ou do espargo, duas plantas perenes.

Para os grupos que mudarem de posição, é necessário preparar tantas porções de terreno quantos anos durar a rotação de culturas, de tal forma que cada planta leve/demore todo esse tempo em repetir zona. Entre os critérios a ter em conta para a divisão em grupos pode-se pensar no tipo de aproveitamento (com os subgrupos raiz, fruto, folha e sementes), a família de culturas (dividida em compostas, cucurbitáceas, leguminosas, solanáceas, crucíferas, gramíneas, liliáceas, quenopodiáceas e umbelíferas) ou os requisitos e aportes pontuais de cada planta no que toca aos nutrientes do solo.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

eixo terrestre

A noção de eixo tem mais de uma dúzia de significados. Pode ser a haste que sustenta um corpo enquanto ele gira, passando por...

Conceito de

égide

Égide tem origem na palavra latina “aegĭde” que significa o escudo de Júpiter ou o escudo de Minerva. De acordo...

Conceito de

écloga

Uma palavra grega que pode ser traduzida como escolha, chegou ao latim como “eclŏga” que em português se converteu...

Conceito de

Idade Antiga

Com origem etimológica na palavra latina “aetāte”, idade pode se referir a diferentes questões. Neste caso, vamos...

Conceito de

efusivo

O adjetivo efusivo é usado para qualificar aquilo ou aquele que manifesta ou revela efusão: ímpeto, vigor ou expansão nos...

Conceito de

efluente

A Michaelis, em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa, define um efluente como um resíduo (em forma de fluido ou...

Conceito de

efeméride

A palavra grega “ephemerís”, que se refere ao que é próprio de um dia, derivou no latim “ephemerĭde”...

Conceito de

edema

A palavra grega “oidema” chegou ao nosso idioma como edema. O termo é usado no campo da medicina para se referir à...

ARQUIVOS