Conceito de raio X


Nov 05, 15

Raio é um conceito que tem a sua origem em radĭus, um vocábulo latino. O conceito é usado para designar a linha que nasce no espaço onde se gera um determinado tipo de energia e que se prolonga na mesma direcção até onde a energia em questão se propaga.

A noção de raios X, neste sentido, refere-se às ondas de tipo electromagnético que são emitidas pelos electrões internos de um átomo. Tendo em conta as suas características, os raios X estão em condições de atravessar diferentes corpos e de conseguir uma impressão fotográfica.

Os raios X têm uma energia capaz de ionizar os átomos da matéria, o que permite que sejam utilizados com diferentes fins. O uso mais habitual está relacionado com a medicina para obter imagens internas do corpo humano.

Quando um feixe de electrões de grande energia bate contra um banco metálico, a radiação electromagnética da carga gera os raios X. Existem, no entanto, diversos métodos para obter raios X a partir de diferentes tipos de radiação.

Tradicionalmente usavam-se películas fotográficas para captar e registar os raios X. Actualmente, no entanto, a tecnologia permite que a imagem gerada pelos raios X possa ser visualizada de maneira directa num computador, gerando informação digital.

Conhece-se pelo nome de radiologia a modalidade que visa produzir radiografias (imagens do organismo obtidas a partir do uso de raios X). Através desta técnica, são disparados raios X sobre o corpo: como os raios atravessam os tecidos macios mas não os ossos, “desenham” uma imagem que permite apreciar os elementos ósseos pelas diferentes densidades.