Conceito.de

Conceito de anarquismo

Escutar o artigo

O anarquismo é uma teoria política nascida na Rússia e que tem o propósito de acabar com autoritarismo do Estado. A palavra anarquia tem origem no grego an (não) e archos (governo). A característica principal dessa teoria é a supressão total do Estado e também a eliminação do capitalismo.

anarquismo
Anarquismo é uma teoria política contrária ao Estado e autoritarismo imposto

Esse tipo de teoria politica opõe-se a hierarquias de quaisquer tipos e tudo o que se relacione com dominação, seja econômica, cultural, social ou política, por exemplo: o Estado, o capitalismo, patriarcado, etc.

O anarquismo surgiu com o político francês Pierre-Joseph Proudhon, que por algum tempo foi membro do Parlamento francês e pertencente a uma família de pequenos burgueses. O político fez severas críticas a presença do Estado nas organizações políticas e também criticou a aquisição da propriedade privada (um símbolo maior do capitalismo).

Para Pierre-Joseph Proudhon, a propriedade privada se caracterizava como a principal razão das desgraças da humanidade, enquanto que o Estado servia apenas para oprimir as pessoas e forçá-las a ficarem presas à lógica capitalista.

Mais um dos pensadores do anarquismo foi o teórico político russo Mikhail Bakunin. Bakunin, tendo conhecido as crenças de Proudhon e também o socialismo científico de Marx e Engels, levou a teoria para um contexto mais radical, divergindo também das ideias comunistas.

Mikhail Bakunin acreditava que era necessária uma intervenção mais sangrenta sobre isso, com ações terroristas para realizar a derrubada do Estado para o implantar um sistema político democrático direto, o qual não possuísse nenhum tipo de liderança política.

Há os que são chamados de anarcocapitalistas, que se tratam de teóricos que, na segunda metade do século XX, desenvolveram teorias políticas que aliam o à ausência de Estado, direito à propriedade privada e ao livre mercado na gestão da economia.

Características do anarquismo

conceito de anarquismo
Houveram defensores do anarquismo que foram mais radicais

Conforme os anos passaram, então a teoria anarquista passou por modificações entre os autores clássicos da mesma e também entre outros teóricos do século XX.

Enquanto Proudhon criticava o Estado e defendia a extinção dele por meio da política, sendo contra o capitalismo e contra também a propriedade privada, Bakunin era mais radical do que ele e defendia um anarquismo terrorista, visando uma agitação popular que gerasse uma espécie de revolução, baseado na força e em manifestações violentas.

Contudo, o anarquista italiano Errico Malatesta conseguiu ser ainda mais radical, uma vez que ele foi capaz de propagar o pensamento anarquista e voltar as massas contra o Estado em várias ocasiões.

Posto tudo isso, o anarquismo possui como principais características a derrubada do capitalismo e a supressão do Estado. O seu princípio básico é a autogestão democrática da política, significando a ausência de governo, de Estado, também de lideranças e instituições econômicas, com as leis criadas pelo povo e exercidas pelo povo.

É uma característica do anarquismo também a valorização da liberdade de cada pessoa, ou seja, o individualismo é valorizado, ocorrendo isso com a extinção do Estado e do capitalismo. Os anarquistas acreditam que não deve existir nenhuma força que oprima a liberdade dos seres humanos.

Outras das características do anarquismo são: a rejeição do poder estatal, rejeição do autoritarismo, a livre associação entre as pessoas, a crítica a todas as formas de opressão e também contra às diferenças entre classes sociais e econômicas. Além disso, o anarquismo não é contra a ordem social, contudo ele prega que isso deve existir sem que seja necessária a intervenção de um governo. Ela também valoriza as instituições econômicas que se constituam por membros voluntários.

Anarquismo e esquerda

Há aqueles que acreditam que devido ao libertarianismo, que aliou elementos da anarquia com elementos do liberalismo econômico, o anarquismo tenha relação com pensamentos de direita. Contudo, o anarquismo é contra o capitalismo, o que, desse modo, o pode aproximar mais da visão de esquerda, que busca um sistema econômico mais igualitário.

Anarquismo e comunismo

O anarquismo possui uma similaridade com o socialismo de Marx e Engels, posto que ele é uma resposta contra a condição desigual de vida dos trabalhadores da Europa no século XVIII.

Mas enquanto para os comunistas o Estado burguês teria que ser extinto, já que beneficiava apenas o capitalismo, sendo parte integrantes também da chamada superestrutura, então cria-se que a criação de um Estado socialista pouco a pouco eliminaria a diferença de classes, o que acabaria no final com o Estado e comporia a sociedade comunista, os anarquistas viam o Estado como a lógica capitalista e isso somente teria fim com a extinção total do Estado.

Anarquismo e fascismo

Os anarquistas foram grandes inimigos dos fascistas na Itália. A teoria fascista foca apenas no totalitarismo, prevendo a criação de um Estado forte e que exerça o controle sobre a vida política e a vida particular da população. E todas essas características do fascismo contrastam com as do anarquismo, algo que fez com que houvesse uma luta entre ambas.

Citação

SOUSA, Priscila. (29 de Março de 2022). Conceito de anarquismo. Conceito.de. https://conceito.de/anarquismo