Conceito.de

Conceito de liberdade

A liberdade é um conceito abstracto difícil de definir. A noção costuma estar associada à faculdade do ser humano que lhe permite levar a cabo uma acção de acordo com a sua própria vontade.

A partir do século XVIII, a liberdade começou a associar-se a outras faculdades ou virtudes, como a justiça e a igualdade. Esta mudança social veio acompanhada do desenvolvimento das novas formas de organização da sociedade e do surgimento de regimes políticos até então inéditos.

Um ser livre não está vinculado à vontade de terceiros de forma coercitiva. A liberdade garante o respeito pela vontade individual e implica que cada indivíduo se deva responsabilizar pelos seus actos. Dá-se o nome de libertinagem à liberdade absoluta que dá origem ao descontrolo/caos social.

Por exemplo: uma pessoa pode fazer uso da sua liberdade para abrir um negócio e obter, através da actividade comercial, os recursos que lhe permitam subsistir. Essa liberdade, no entanto, encontra-se limitada pela lei. A pessoa não estará autorizada a vender produtos ilegais e terá de pagar impostos. Embora sejam obrigações obviamente acima da vontade do sujeito, não atentam contra a sua liberdade. Por outras palavras, a liberdade absoluta propriamente dita não existe.

A liberdade individual, por outro lado, deve ser protegida pelo Estado. Nenhuma pessoa tem o direito de coarctar a liberdade de outrem; caso contrário, as autoridades competentes deverão tomar as providências necessárias para castigar o responsável.

Outra análise da liberdade prende-se com questões psicológicas ou metafísicas. A essência da liberdade, de alguma forma, jamais poderá ser afectada, uma vez que existe dentro de cada pessoa (para pensar ou sentir).

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (21 de Maio de 2011). Conceito de liberdade. Conceito.de. https://conceito.de/liberdade