Conceito.de

Conceito de meritocracia

Escutar o artigo

Meritocracia se trata de um sistema que premia e privilegia com base nos méritos de cada pessoa. Segundo esse sistema ou método, um indivíduo tem a capacidade de prosperar por si mesmo, sem que a sociedade, o Estado ou sua família o ajude.

meritocracia
Na meritocracia, o indivíduo prosperaria por seus próprios esforços

Desse modo, uma pessoa conseguiria alavancar em sua carreira profissional devido aos seus próprios esforços.

O termo meritocracia tem a sua origem no latim “meritum”, que possui o significado de “mérito”, qual se alia ao sufixo de origem grega “cracía”, esse tendo o significado de “poder”. Desse modo, significado literal de meritocracia é algo como “poder do mérito”.

Aqueles que conquistam o topo creem que estão ali por consequência dos seus esforços, tendo colhido os frutos do seu trabalho duro. E esses acreditam que os que ficam para trás se encontram nessa posição também devido a esse mesmo fato, só que por não terem se esforçado para melhorar.

Sobre sua história

Depois da Revolução Francesa, tendo ascendido Napoleão Bonaparte, o novo dirigente da França determinou que não seria mais usada a origem do indivíduo como meio para que ele ingressasse numa das cadeiras públicas. Mas agora se faria uso da ascensão por meio do esforço e não mais considerando se uma pessoa é ou não nobre.

Durante o século XIX essa ideia foi bastante disseminada, em especial nos países anglo-saxões, sendo bastante disseminada ainda nos Estados Unidos, pois ali predominava a ideia de que uma pessoa prosperaria economicamente por conta de uma benção divina ou um sinal divino.

A meritocracia seria aceita por alguns tendo como argumento que ela oferece mais justiça do que outros sistema de hierarquia, dado que as distinções nela baseadas não focam em aspectos como posição social, sexo, raça ou riqueza. Além do que, a meritocracia, no que tange a teoria, seria algo capaz de estimular a competição e proporcionar mais produtividade.

Características da meritocracia

conceito de merotocracia
É comum que o sistema de meritocracia seja adotado por algumas empresas

Na meritocracia, as posições hierárquicas seriam destinadas para aqueles com os melhores valores educacionais, morais e também as melhores qualificações e capacidades técnicas para uma área.

Foi no ano de 1958 que se fez uso do termo pela primeira vez, tendo sido Michael Young quem o usou primeiro no seu livro “Rise of the Meritocracy” (“Levantar da Meritocracia”, na tradução para o português).

Ainda nos dias de hoje, algumas empresas privadas adotam um sistema de meritocracia a fim de recompensar os seus colaboradores, mostrando que eles são valorizados em virtude do seu esforço, por terem produzido mais, e isso seria feito com o aumento do salário ou mesmo com a oferta de cargos mais elevados.

A adição da meritocracia nas empresas se torna um instrumento para motivar os funcionários, fazendo com que os mesmos se dediquem mais às suas funções, ajudando no seu crescimento e ainda beneficiando o crescimento da empresa.

Contudo, para alguns sociólogos e filósofos, a meritocracia se trata der algo que não traz um sistema de hierarquia justo, uma vez que há aqueles que já nascem privilegiados, tendo acesso a condições de estudo melhores, além de contatos profissionais, porém, ainda que esses tenham acesso a tais recursos, é necessário saber o que fazer com eles para se conquistar seus objetivos, isso é também o que creem alguns estudiosos.

Dos que se opõem a ideia de meritocracia

Mas a meritocracia é algo que também recebe muitas críticas, sendo que a principal delas se deve ao fato de que o esforço não seria o único fator determinante para o sucesso ou o fracasso de um indivíduo, contudo ele envolve uma parte que compreende definições com maior complexidade que existem na sociedade.

O socialismo e outras ideologias que defendem uma sociedade igualitária também são contra o conceito de meritocracia. Nesse caso, se acredita que estimular o sucesso com base no individualismo, que é o que faz a meritocracia, seria algo que faria crescer a desigualdade numa sociedade.

Desse modo, aqueles que criticam a meritocracia em seu sentido puro relatam que não pode haver uma igualdade ou uma corrida justa se os participantes não partirem de um mesmo ponto.

Um exemplo para ilustrar isso seria se houvesse um estudante que veio de uma família estruturada financeiramente, que recebeu bons estudos e, por isso, terá um desempenho escolar mais elevado, o que, por sua vez, o levará a ter mais chances de conquistar um bom cargo do emprego no futuro, se comparado aos estudantes que não tiveram os mesmos privilégios.

Aristocracia e meritocracia

Pode ser que algumas pessoas acabem confundindo meritocracia com aristocracia, mas são conceitos diferentes.

No entanto, aristocracia é um termo considerado quase como sinônimo de meritocracia. Mas, avaliando do ponto de visto histórico e político, o conceito de aristocracia, por sua vez, se volta para um sistema de castas privilegiadas com foco na hereditariedade, sendo algo distinto da natureza individual de sucesso que o sistema da meritocracia defende.

Citação

SOUSA, Priscila. (7 de Novembro de 2022). Conceito de meritocracia. Conceito.de. https://conceito.de/meritocracia