Conceito.de
Conceito de

Regeneração

Regeneração é a reconstituição de algo que foi destruído ou teve uma parte removida. Nisso fala-se em regeneração de um órgão ou tecido do corpo, por exemplo.

regeneração
A regeneração celular é a substituição de células danificadas

Esse termo tem a sua origem no latim, com “generare” significando “produzir” e o acréscimo do prefixo “re”, que é usado para indicar algo que é feito outra vez. Desse modo, regeneração seria a produção de algo novamente.

A regeneração é caracterizada como um processo biológico, onde tecidos, órgãos ou sistemas que se encontram danificados são restaurados, havendo a recuperação da estrutura e função deles.

Esse processo costuma acontecer em diversos organismos vivos, desde aqueles organismos unicelulares até os seres mais complexos, como é o caso dos humanos. E ele compreende a substituição das células ou tecidos danificados pelos saudáveis, o que gerará a cura de feridas, regeneração de membros em certos animais e, ainda, na renovação dos tecidos desgastados.

Assim, pode então haver a regeneração tecidual, regeneração de nervos, regeneração de pele, regeneração de cartilagem, etc. O epitélio (pele), por exemplo, consegue se regenerar rapidamente e facilmente se destruída.

O processo de regeneração é um mecanismo de suma importância para a sobrevivência dos seres vivos e também para a e adaptação deles ao ambiente onde vivem.

Há ainda que citar o fato de que os chamados de fatores de crescimento de plaquetas, quais são liberados através das plaquetas sanguíneas, são importantes nos processos de regeneração dos tecidos e de cicatrização de ferimentos.

Se tem pouco tempo, veja o índice ou o resumo com os pontos-chave.

O processo de regeneração celular

Quando ocorrem a substituição das células danificadas ou mortas por novas e funcionais células, esse processo é chamado de regeneração celular. Esse tipo de regeneração (como um rejuvenescimento celular) é algo vital.

A renovação celular ocorre sucessivamente nos organismos multicelulares. E com isso se mantém a integridade dos tecidos e dos órgãos. E esse processo de regeneração das células pode ocorrer através de variados mecanismos, como a divisão celular (mitose) ou por meio da diferenciação de células-tronco.

Célula-tronco, chamada ainda de célula mãe, é uma célula indiferenciada, que consegue se autorrenovar e de se converter em distintos tipos de células que compõem os variados tecidos do corpo humano. Devido a isso, elas têm a capacidade de regenerar órgãos e tecidos lesionados, realizando a recuperação desses.

Em certos casos, a regeneração celular é resultante de lesões, infecções ou outros tipos de dano tecidual.

As células acometidas tendem a responder a sinais bioquímicos que são liberados através do ambiente circundante, começando processos de reparo e de regeneração. Esse processo é fundamental para a cicatrização de feridas, para recuperar tecidos lesionados e, ainda, para a manutenção da homeostase no organismo.

A regeneração celular é crucial para a saúde e a capacidade de adaptação quem possuem organismos vivos. Desse modo, se trata de algo de extrema importância para diferentes espécies. E ela é estudada na biologia do desenvolvimento, que analisa o desenvolvimento dos seres vivos em variadas etapas.

Medicina regenerativa

Dá-se o nome de medicina regenerativa para a área da medicina com foco em reparar, regenerar ou substituir tecidos lesados, células e órgãos, usando para isso princípios arraigados no conhecimento básico a respeito da biologia das células-tronco, engenharia de órgãos e tecidos, além também do estudo de biomateriais.

A medicina regenerativa se trata de um campo novo na medicina. E mesmo que a exploração dos conceitos e das técnicas ligadas à prática tenham ocorrido ao longo do século XX, foi apenas em 1990 que a expressão “medicina regenerativa” foi cunhada.

No ano de 1992, o pesquisador norte-americano Joseph Vacanti trouxe o termo “engenharia de tecidos” a fim de descrever a elaboração de tecidos humanos em laboratório, quais seriam depois usados em transplante de órgãos. E a partir daí esse campo da medicina e desenvolveu de forma acelerada.

E também há o uso da nanotecnologia em regeneração, pois com o uso das nano partículas há como direcionar substâncias bioativas para certas áreas do corpo.

Regeneração no figurativo

conceito de regeneração
Regeneração é ainda um termo usado no figurativo para designar a renovação ou revitalização de algo

Existe ainda o uso do termo regeneração no figurativo. O mesmo remete a estar renovado, restaurado ou mesmo revitalizado no que diz respeito ao emocional ou espiritual, mas também ao físico.

Do mesmo modo como as células se regeneram no corpo, quem está regenerado sente uma renovação na sua energia, vitalidade ou no seu bem-estar geral. Isso tende a envolver a superação de desafios, o aprendizado por meio de experiências passadas, achar paz interior ou conquistar um novo sentido em relação ao propósito na vida.

Uma pessoa que trabalhou a semana inteira e conseguiu um dia de descanso pode voltar regenerada para o trabalho. De igual modo, quem tirou alguns dias de férias e fez uma viagem para estar em contato com a natureza e sua espiritualidade também experimenta isso.

Estar regenerado pode ainda se referir a uma sensação de renascimento depois de períodos difíceis. Assim como esse termo ainda teria ligação com a autodescoberta que leva para uma transformação pessoal positiva. Uma pessoa, logo, pode se regenerar depois de um trauma que lhe deixou feridas profundas (tanto físicas quanto emocionais ou psicológicas).

Assim, se uma pessoa diz que está regenerada, isso implica em sentir-se revitalizada e mais forte, pronta para encarar os desafios da vida tendo uma nova perspectiva e as energias renovadas.

Citação

SOUSA, Priscila. (4 de Abril de 2024). Regeneração - O que é, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/regeneracao