Conceito.de
Conceito de

Tear

Tear é o nome dado ao dispositivo/à máquina que é usado/a para tecer. O conceito também é usado para designar a fábrica que se dedica à produção de tecidos. Por exemplo: “Vou inscrever-me num curso de tear”, “Fascinam-e os tecidos de tear”, “A minha mãe trabalha como professora de tear na associação de fomento do bairro”.

tear
O tear é um instrumento bastante usado para tecer

Os teares são geralmente fabricados com metal ou madeira. A nível geral, pode dizer-se que dispõem de urdiduras (fios dispostos de forma paralela), que se esticam com pesos. Esses fios podem elevar-se em conjunto ou de forma individual para fazer a calada que permite passar a trama.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • Existem dois principais tipos de teares: industriais e artesanais, sendo que estes podem ser verticais, horizontais ou bastidores. Os industriais podem ser triaxiais, circulares ou planos baseando-se no tipo de tecido que podem produzir.
  • O desenvolvimento do tecido é feito através de uma urdidura, que são os fios de base que se situam em sentido vertical, e uma trama, que são os fios dispostos na horizontal. A urdidura é feita para passar por cima e por baixo do trama para criar o cruzamento do tecido.
  • O Tear da Abundância, uma espécie de ajuda entre mulheres de feixe piramidal, desperta polêmicas pois enquanto é associado com valores de amizade e solidariedade por algumas mulheres, também é considerado uma fraude por outras.
  • O tear, que teria sido criado há cerca de 6 mil anos, passou por diversas inovações mas ainda mantém a sua importância no processo têxtil, sendo valorizado em virtude do seu valor artístico e funcional. A tecelagem manual e o tear possuem um papel crucial na cultura de muitos locais, promovendo a preservação de patrimônios e aumentando a economia local.

Tear industrial e artesanal

Existem dois grandes grupos de teares: os teares industriais e os teares artesanais. Os teares industriais podem ser triaxiais, circulares ou planos, de acordo com o tipo de tecido que podem produzir. Entre os teares artesanais, por outro lado, é possível diferenciar entre os horizontais, os verticais e os bastidores.

Tomemos o caso dos teares industriais planos (retangulares). Os fios de base, que fazem a urdidura situam-se em sentido vertical. A trama, isto é os fios que desenvolvem o tecido, são colocados/dispostos na horizontal. Para confeccionar o tecido, por conseguinte, a urdidura passa por debaixo por cima da trama para a cruzar.

Se nos centrarmos nos teares artesanais, os mais comuns são os bastidores. Apresentam um marco de madeira que permite realizar tecidos sem elasticidade (planos). Os horizontais recorrem a buracos para passar os fios e tecer, ao passo que os verticais têm uma base.

Atualmente, não podemos ignorar o facto de ter surgido outro conceito que utiliza o termo que nos interessa e que está a gerar uma enorme polémica, já que são muitos os seus defensores e também muitos os que consideram que é uma fraude.

Referimo-nos ao Tear da Abundância, que acaba por ser uma espécie de ajuda entre mulheres de feixe piramidal, sustentado em grupos que representam cada um dos quatro elementos.

Basicamente, é apresentada como uma maneira de que as fêmeas que têm capacidade económica podem ajudar aquelas que têm necessidades e quando aquelas que precisam receberão o apoio de outras das suas colegas desse tear.

A amizade, o amor, a confiança e a solidariedade são os valores com os quais as defensoras deste sistema o associam. No entanto, há quem considere que o mesmo é unicamente uma estafa para conseguir dinheiro das mulheres que depois não recebem nada em troca.

Um pouco sobre a história do tear

Há uma estimativa de que o tear teria sido então criado há cerca de 6 mil anos. A princípio, esse item se tratava de um instrumento bastante rudimentar, usado para realizar a tecelagem da malha de lã.

O homem teria começado com o entrelaçamento dos fios em si próprio e também em árvores. Tempos mais tarde, o tear se tornaria em algo mais estruturado, no formato que se conhece nos dias atuais.

E mesmo que o processo têxtil tenha evoluído de sua criação até os presentes dias, a tecelagem manual e o tear possuem seus espaços garantidos no cotidiano da comunidade tecelã, sendo bastante valorizados em virtude do seu valor artístico e funcional.

Tipos de tear manuais

Há diferentes tipos de tear manuais:

  • Tear retangular: esse se trata de um dos tipos mais fáceis de usar. Ele conta com duas fileiras paralelas tendo pregos ou pinos e a maioria dispõe de uma regulagem que permite ajustar a distância entre as fileiras. Com isso é possível usar o mesmo instrumento para vários artesanatos. Esse formato retangular, que pode ter de 20 a 50 pregos, é crucial para produzir trabalhos como cachecol e tapete;
  • Tear circular: já esses são, como sugere o nome, instrumentos no formato circular. Eles são ideais para fazer trabalhos como gorros, golas e mangas. Os fios são lançados em cima dos pinos por diversas vezes e a peça ganha um formato redondo;
  • Tear quadrado: um tipo ideal para quem faz tapetes. E nesse caso, há como usar um tear menor numa base maior a fim de conseguir mudar os pontos;
  • Tear triangular e hexagonal: com esses teares se pode criar lindos detalhes para os inserir em outros trabalhos. Também há como fazer várias peças iguais e costurar umas as outras, compondo assim um artigo maior.

Tear como um símbolo de cultura

conceito de tear
Um tear é ainda símbolo para a cultura de muitas comunidades

O tear tem sido símbolo da cultura de muitos locais, com peças criadas inspiradas em personagens, cores e formas que são destaque em cada região. Há, por exemplo, projetos sociais que usam a tecelagem, com foco em promover a preservação de patrimônios locais, além de gerar oportunidade de trabalho (com oportunidade de trabalhos temporários) e, ainda, melhorar a economia local.

Além disso, o tear pode ajudar a produzir peças que destaquem cores, temas e coleções que imprimem a característica de cada região. Desse modo, seria algo de grande relevância para a cultura e tradições em certos locais.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (8 de Outubro de 2016). Atualizado em 6 de Novembro de 2023. Tear - O que é, conceito, história e tipos. Conceito.de. https://conceito.de/tear