Conceito.de

Conceito de temperatura corporal

Escutar o artigo

A temperatura é uma grandeza que reflete a quantidade de calor de algo. Corporal, por sua vez, prende-se com o que está relacionado com o corpo (algo com extensão restringida ou o conjunto dos órgãos, aparelhos e sistemas que compõem os seres vivos).

A temperatura corporal, por conseguinte, é aquela que se regista no corpo de uma pessoa ou de um animal. Essa temperatura varia consoante o momento do dia embora se costume aceitar que a temperatura considerada normal ronde os 37º C.

Isto significa que, quando a temperatura se situa nos 38º C ou mais, a pessoa está com temperatura alta. Este fenómeno conhece-se pelo nome de febre e costuma ser o sintoma de uma doença ou de um processo infeccioso. O que acontece aqui é que as substâncias chamadas de substâncias pirogênicas elevam o patamar de temperatura que é considerado como normal com o propósito de combater o agente infeccioso.

Se a temperatura, no entanto, baixar dos 36º C, o ser humano sofre hipotermia. Essa baixa/queda de temperatura corporal pode ocorrer pela ingestão de fármacos, desnutrição ou a permanência num ambiente com frio excessivo, entre outros motivos.

Cabe destacar que o corpo dispõe de mecanismos para regular a sua temperatura em função da temperatura ambiente. Mediante a regulação térmica (ie, da temperatura), por conseguinte, o corpo perde ou ganha calor para preservar um equilíbrio.

A medicina não regista casos de pessoas que tenham sobrevivido com uma temperatura corporal inferior a 13º C ou superior a 47º C. Antes de alcançar semelhantes valores, seja como for, o mais provável de acontecer é que os indivíduos sofram de diversos problemas: tremores, taquicardia (palpitações), perda de consciência e outros.

O instrumento que é usado para medir a temperatura corporal recebe o nome de termómetro. Este dispositivo pode ser colocado na boca, debaixo da axila ou no reto para medir a temperatura.

O hipotálamo é o responsável por fazer o controle da temperatura do corpo humano, devido a isso ele é conhecido também como termostato biológico, tratando-se de uma porção pequena do encéfalo relacionada ainda com o emocional, apetite, respostas sexuais e com a regulação hídrica.

Elementos que descrevem a condição de aquecimento do corpo são os sinais enviados pelos termorreceptores que ficam na pele e também a temperatura do sangue que passa pelo hipotálamo. Quando os sinais de resfriamento são detectados, então ativa-se o centro de produção de calor do hipotálamo, acontecendo em seguida o envio de estímulos elétricos por meio dos nervos simpáticos responsáveis por fazer a vasoconstrição dos capilares da pele, e isso reduz o fluxo de sangue superficial e mantém o calor do corpo nos órgãos que estão mais profundamente localizados.

O suor é uma reação do corpo ao calor, onde um sinal por meio dos nervos simpáticos gera estimulo nas glândulas sudoríparas do corpo.

Animais que são endotérmicos, como é o caso de mamíferos e aves, conseguem gerar calor metabólico e controlar a sua temperatura através de valores constantes (homeotermia), independente da temperatura existente no meio, e com isso ele são capazes de explorarem diversos tipos de ambientes. Por outro lado, existem os organismos ectotérmicos (como peixes, anfíbios, invertebrados e répteis) que não possuem a capacidade de regular sua própria temperatura sem a interferência de fontes externas, as quais os aquecem.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (31 de Agosto de 2016). Conceito de temperatura corporal. Conceito.de. https://conceito.de/temperatura-corporal