Conceito de universo


Fev 04, 12

O termo universo provém do conceito latim universus e é usado como sinónimo de mundo, na medida em que se refere ao conjunto de todas as coisas criadas. Por outro lado, um universo é o conjunto de indivíduos ou elementos nos quais se consideram uma ou mais características que são submetidas a um estudo estatístico.

Outra definição possível de universo faz referência a tudo aquilo que existe fisicamente. Neste sentido, incluem-se todas as formas da matéria e a energia, as leis físicas que as regulam, e a totalidade do espaço e do tempo.

A teoria mais aceite relativamente à origem do universo é a que diz respeito ao Big Bang, que é uma espécie de explosão onde toda a matéria e a energia do universo observável se encontravam concentradas num ponto de densidade infinita. Na sequência do Big Bang, o universo iniciou uma etapa de expansão que ainda não terminou.

Relativamente a esta teoria da expansão permanente do universo, há especialistas que consideram que a matéria negra (ou escura) pode exercer força de gravidade suficiente para deter a expansão, com a qual a matéria se comprimiria num processo chamado de Big Crunch.

O universo é essencialmente composto por galáxias, as quais podem ser observadas a olho nu como pontos de luz no céu. Os científicos distinguem as galáxias locais (unidas gravitacionalmente à Via Láctea, onde se encontra o Sistema Solar) das galáxias exteriores.

Convém destacar que o planeta Terra é apenas uma parte do Sistema Solar, uma galáxia que tem 100.000 milhões de estrelas e que é apenas uma entre centenas de milhares de milhões de galáxias que pertencem ao universo.