Conceito.de

Conceito de quimo

Quimo é uma palavra que deriva do latim chymus, apesar de o seu antecedente etimológico mais afastado resida num vocábulo da língua grega que se pode traduzir como “suco”. Trata-se da pasta resultante da mistura do bolo alimentar com diversas substâncias presentes no estômago.

Quando uma pessoa ingere um alimento, o primeiro passo consiste em introduzir a comida em questão na boca. Com os dentes, o sujeito tritura o alimento num processo conhecido como mastigar, que permite a deglutição. Além dos dentes, também actua a saliva.

Assim, o alimento transforma-se naquilo que se chama bolo alimentar, que acaba por descer pelo esófago até chegar ao estômago. No estômago, quando o bolo alimentar se mistura com os sucos gástricos e diversas enzimas, se transforma na substancia homogénea que recebe o nome de quimo. O quimo, posteriormente, passa para o intestino.

Os sucos gástricos são compostos por bicarbonato, ácido clorídrico, cloreto de sódio, água e outras substâncias. A acção destas substâncias e os movimentos que realizam as paredes do estômago convertem o bolo alimentar no quimo.

Do estômago, o quimo passa para os intestinos. No intestino delgado, o organismo absorve os nutrientes da pasta.

Finalmente, os resíduos provenientes de todos os processos aos quais é submetido o alimento são evacuados através do ano.

Para além de tudo o que foi exposto acima, não podemos falar por alto de outra série importante de dados relativos ao dito quimo, entre os quais se encontram os seguintes:
-Em função da quantidade de comida que a pessoa tenha ingerido e também do tipo de alimentos que tiver tomado, o estômago poderá digerir o quimo em maior ou menor tempo. Deste modo, por exemplo, se tiver sido algo mais leve poderá fazê-lo no espaço de quarenta minutos aproximadamente, ao passo que se consistiu nalgo mais contundente esse processo pode chegar a durar horas.
-Da mesma forma, há que ter em conta que o quimo se identifica por ser bastante ácido.
-Devido a diversas secreções biliares e pancreáticas o quimo tem de o fazer face a uma série de transformações que acabam por se converter em quilo.

É importante diferenciar entre o quimo e o quilo. Este último é a substância que formam os lípidos emulsionados por acção do duodeno, o suco pancreático e a bílis.

Como mencionámos anteriormente a digestão do quimo por parte do estômago pode durar mais ou menos consoante a comida que se tenha tomado. Neste caso, podemos estabelecer que há uma série de alimentos que são pesados e que propiciam que a digestão não se complete enquanto ainda não tiverem passado X horas. Estamo-nos a referir, por exemplo, às bebidas que são especialmente ricas em vitamina C, aos produtos com muitas gorduras e que aos fritos, a alimentos muito condimentados, ao abuso do chocolate…

Tudo isso sem passar outros alimentos que tendo em conta os seus componentes também desaceleram e obstaculizam notavelmente a digestão. Esse seria o caso dos alhos, a cebola, o brócolo, o repolho, determinados legumes…

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

barlavento

A ideia de barlavento refere-se ao lugar de onde o vento vem. É o conceito oposto à ideia de sota-vento: o setor oposto àquele...

Conceito de

barista

O Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa da Michaelis faz menção ao uso do termo barista. O termo utiliza-se com...

Conceito de

bário

O bário é um metal cujo número atômico é 56. É um elemento químico pesado e macio, encontrado em diferentes minerais e que...

Conceito de

barítono

O termo barítono deriva do grego “barytonos” que se pode traduzir como “de voz grave”. Denomina-se...

Conceito de

baricentro

A noção de baricentro é formada com a palavra grega “barýs” (que pode ser traduzida como “grave”) e o...

Conceito de

barca

O termo barca, que tem sua origem etimológica na língua latina, é usado para nomear uma embarcação de tamanho reduzido....

Conceito de

barbeiro

A noção de barbeiro vem do termo barba: os pelos que cobrem o início do pescoço, o queixo e a área das bochechas. O...

Conceito de

barema

A etimologia do barema nos leva ao “barème” francês, que por sua vez vem do nome de um matemático: François...

ARQUIVOS