Conceito.de

Conceito de bílis

A bílis é um fluido de cor amarelada que é segregado pelo fígado dos vertebrados. Trata-se de uma substância líquida que actua na digestão, agindo como emulsionante dos ácidos gordos.

A bílis contém 97% de água, sendo que os restantes 3% são compostos por sais biliares (como o taurocolato de sódio e o glicocolato de sódio), proteínas, colesterol e hormonas. O fígado encarrega-se de segregar a bílis de forma contínua: essa bílis é usada no processo digestivo ou é armazenada na vesícula biliar. A produção diária de bílis, no caso dos seres humanos, é de aproximadamente um litro.

Quando se come, a bílis sai dessa vesícula e chega ao intestino, onde se mistura com as gorduras dos alimentos. As gorduras são dissolvidas pelos ácidos biliares e passam a fazer parte do conteúdo do intestino. Uma vez dissolvidas, as enzimas do pâncreas e da mucosa intestinal passam a digerir as gorduras.

Isto significa que a bílis ajuda as gorduras a serem absorvidas pelo intestino delgado e, por isso, é necessária para a absorção das vitaminas lipossolúveis (as vitaminas A, D, E e K).

A bílis também ajuda a excretar a bilirrubina, a neutralizar os ácidos em excesso do estômago, a eliminar os micróbios (ou germes) que entram no organismo através da comida e a desintoxicar o excesso de álcool e de certos medicamentos.

Entre os distúrbios relacionados com a bílis, destacam-se a possível formação de cálculos biliares (quando o colesterol se acumula em massas da vesícula biliar) e os problemas no intestino causados pela carência de bílis (isto porque as gorduras, ao não serem digeridas, são excretadas).

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (20 de Fevereiro de 2014). Conceito de bílis. Conceito.de. https://conceito.de/bilis