Conceito.de
Conceito de

Segurança no trabalho

Segurança no trabalho compreende as medidas e procedimentos aplicados para resguardar a integridade física e mental dos trabalhadores. E essa proteção se dá no exercício das atividades laborais desses trabalhadores.

segurança no trabalho
Por meio de ações de segurança no trabalho reduzem-se os riscos nesse ambiente

A segurança no trabalho é uma prática com foco em prevenir acidentes, doenças ocupacionais e assegurar um ambiente de trabalho com menos riscos ou livre deles, além de, mais saudável também.

Definida por leis e normas, no Brasil existe a Legislação de Segurança do Trabalho que ainda compreende decretos, portarias, Normas Regulamentadoras e mais.

Com o foco de proteger a integridade física de trabalhadores, a segurança do trabalho realiza a análise, por meio de técnicas específicas, de fatores que seriam potenciais causadores de doenças ou acidentes no trabalho. E assim, há como prevenir situações que acometam a saúde e a qualidade de vida dos profissionais.

Proteção e riscos

Mas para entender o que é a segurança no trabalho, cabe ainda entender o que é o risco.

No que diz respeito a segurança no trabalho, o risco seria a possibilidade de lesões, estragos ou perdas que podem acontecer por causa das condições ou atividades realizadas no ambiente de trabalho. Isso abarca qualquer ameaça contra a saúde, bem-estar ou segurança dos trabalhadores, fruto de distintos fatores como: equipamentos com defeito, práticas sem segurança, exposição a substâncias arriscadas, entre outros.

Com isso, a proteção se configura em algo essencial em quaisquer locais de trabalho.

Normas Regulamentadoras (NRs)

Denominam-se de Normas Regulamentadoras (NRs) as diretrizes definidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Elas regulamentam os aspectos específicos ligados à segurança e saúde no trabalho, ainda abordando sobre o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e até sobre a sinalização de segurança.

As NRs passam por questões referentes a análise e gestão de riscos e também treinamento de segurança.

Em setores como o de mineração, construção civil, indústria química, saúde, energia, transporte e logística, etc., há a obrigatoriedade quanto ao cumprimento das NRs. Nesses e em outros contextos elas são essenciais para assegurar um ambiente laboral seguro.

Equipamento de Proteção Individual (EPI)

conceito de segurança no trabalho
Equipamentos de proteção individual (EPIs) são cruciais para a segurança no trabalho

Os Equipamentos de Proteção Individual (conhecidos ainda pela sigla EPIs) são dispositivos que ajudam na proteção do trabalhador. Com o uso deles há como diminuir os riscos à segurança e a saúde também.

Dentre os principais EPIs há: óculos de proteção, protetores auriculares, luvas de proteção, capacete de segurança e calçados de segurança. Mas o tipo de equipamento dependerá da atividade exercida e o que ela exige, com isso há como saber quais equipamentos seriam os essenciais.

A escolha apropriada e o uso adequado dos EPIs ajudará a proteger os trabalhadores de riscos acidentes tanto químicos quanto físicos, biológicos, e ergonômicos.

Análise de riscos

O processo de análise de riscos é sistemático, usado com o objetivo de identificar, analisar e controlar os variados tipos de riscos que existem no ambiente de trabalho.

Essa análise tende a compreender a identificação de possíveis perigos e a avaliação das implicações ligadas a eles. Com base nessa análise, a empresa conseguiria implementar medidas não apenas corretivas, mas ainda preventivas, visando atenuar ou extinguir os riscos.

Mas para isso é importante que um profissional qualificado realize esse processo. É comum que as empresas de diferentes portes e segmentos contratem profissionais que possam executar essa análise de riscos, ajudando a melhorar a segurança no trabalho.

Gestão de riscos

Denomina-se de gestão de riscos ao conjunto de atividades e processos aplicado para administrar os riscos ocupacionais de uma empresa. Isso compreende: aderir políticas de segurança, definir procedimentos operacionais seguros, capacitar funcionários, monitorar as condições de trabalho e, ainda, avaliar periodicamente o sistema de segurança.

Gerir os riscos de maneira eficaz contribui para evitar acidentes e doenças ocupacionais. E com isso se trabalha no desenvolvimento de um ambiente de trabalho mais seguro e, consequentemente, produtivo.

Treinamento de segurança

Uma das medidas importantes também nesse contexto é o treinamento de segurança. Por meio dele há como conscientizar os trabalhadores a respeito dos riscos que há em determinado ambiente de trabalho e orientá-los sobre as medidas preventivas que devem ser adotadas.

Os treinamentos tratam de temas como: uso apropriado de EPIs, procedimentos de emergência, detecção de riscos, prevenção de acidentes e práticas seguras no trabalho.

Através do treinamento, os trabalhadores estarão preparados para agir de maneira segura. Além do mais, isso ajuda a promover ainda mais a segurança em um ambiente laboral.

Sinalização de segurança

Quando o objetivo é comunicar visualmente sobre os riscos que há no ambiente de trabalho, é comum o uso da sinalização de segurança. Ela ainda é importante para orientar os trabalhadores quanto as medidas de cautela para serem adotadas.

Para a sinalização é comum o uso de cores, símbolos e placas a fim de indicar: áreas de perigo, rotas de fuga, onde se encontra os equipamentos para combater incêndios, entre outras informações de suma importância.

Com a sinalização ideal, se previnem acidentes e ainda fica mais fácil de identificar situações de emergência.

Citação

SOUSA, Priscila. (29 de Março de 2024). Segurança no trabalho - O que é, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/seguranca-no-trabalho