Conceito.de

Conceito de ternura

Ternura é a característica de algo terno. Este adjectivo pode referir-se àquilo que é fácil de partir, cortar ou quebrar ou que se pode deformar de forma simples. Exemplos: “Para assegurar a ternura da carne, o melhor é fervê-la durante pelo menos uma hora”, “A ternura característica deste prato consegue-se graças ao seu cozimento lento e brando”, “Não te esqueças de controlar a ternura da preparação antes de servir”.

O conceito também é usado em sentido figurado em referência à candura, inocência ou ingenuidade das crianças ou dos animais e à sensação que provocam estas questões nos adultos: “Quando o João me perguntou como faziam os bebés para entrar na barriga, senti uma enorme ternura”, “Pura ternura: um cachorro fecha os olhinhos enquanto o seu dono lhe faz festinhas”, “Perdi a ternura durante a adolescência: já não me enganam tão facilmente”.

A noção de ternura também é usada para fazer alusão à condição das pessoas que são cordiais, calorosas e agradáveis: “Que ternura! Obrigada pelo ramo de flores que me enviaste ontem à noite”, “O Ramiro é um homem bastante inteligente e carismático, mas acho que me conquistou principalmente pela sua ternura”, “Estou cansada dos teus gritos e do mau-humor: porque não tentas dar-te com pessoas de pouca ternura?”.

Por fim, cabe relembrar que existe um tema de Paco Bandeira chamado “Ternura dos 40”.