Conceito de odinofagia


Jan 07, 15

O termo odinofagia tem uma utilização frequente na nossa língua, concretamente no âmbito da medicina.
Esta noção médica é usada para designar a dor que uma pessoa sente na garganta quando traga (engole/deglute). Esse incómodo pode ser provocado por um inchaço dos músculos ou da mucosa do esófago que, por sua vez, pode ter diversas origens.

A causa mais habitual da inflamação e da odinofagia é uma infecção. Doenças mais comuns, como a faringite, são infecções que podem causar a odinofagia. O transtorno também pode ser produzido pela acção de fungos ou até pela ingestão de alguma substância corrosiva.

Às vezes, a odinofagia produz uma dor leve que não gera grandes problemas. Há outros casos, porém, em que a dor é bastante intensa e o sujeito tem dificuldades até para engolir la saliva que provoca. Quando a odinofagia impede a normal deglutição, fala-se de disfagia.

Convém ressalvar que a odinofagia também pode ser um sintoma ou uma derivação de doenças como a difteria, que é uma infecção das vias respiratórias que produz a formação de pseudomembranas.

Outras circunstâncias que podem levar à odinofagia são o consumo frequente de comidas ou bebidas que estejam extremadamente frias ou quentes e o desenvolvimento de um cancro no esófago.

Para além do tratamento para a odinofagia (que dependerá da sua origem), o médico pode receitar fármacos que produzam um adormecimento da garganta e, por conseguinte, são minimizadas as moléstias que o indivíduo experimenta ao engolir.