Conceito.de

Conceito de bênção

Do latim benedictĭo, bênção é a acção e o efeito de benzer ou abençoar. O verbo refere-se à acção de louvar, bendizer, proteger ou consagrar algo ao culto divino ou invocar a bênção divina a favor de algo ou de alguém.

Posto isto, a bênção é a expressão de um desejo benigno que se dirige a uma pessoa, a um ou vários objectos e que, através da própria expressão, se realiza. Isto quer dizer que, no momento em que se pronuncia a bênção, materializa-se a acção de abençoar (ou benzer).

Exemplos: “Vou pedir a bênção ao padre Miguel para a nova casa”, “Minha filha, tens a minha bênção para te casares com o Dário”, “O bispo ficou encarregue de dar a bênção ao avião que partirá com ajuda humanitária com rumo à África”.

Uma bênção pode expressar-se de diversas maneiras, sem que haja menção explícita ao acto de abençoar. A frase “Que Deus te guarde” também é uma forma de bênção.

Pode entender-se a bênção como algo que se obtém por intermédio divino (quando um sacerdote invoca Deus para abençoar) ou pela vontade de uma pessoa. Neste último sentido, expressões como “Cuida de ti” ou “Força para superar isto” podem entender-se como bênçãos.

O consentimento que dá uma pessoa a outra também pode considerar-se como uma bênção: “O chefe deu-me a sua bênção para avançar com o projecto”, “Com a bênção da sua família, o Miguel resolveu ir atrás dos seus sonhos e foi emigrar para o estrangeiro”.