Conceito.de

Conceito de exploração agrícola

A noção de exploração refere-se à acção e ao efeito de explorar, um verbo que faz menção ao acto de extrair ou de aproveitar utilidades ou riquezas de um negócio e ao de obter recursos de uma fonte, entre outros significados.

Agrícola, do latim agricŏla, diz-se daquilo que pertence ou que é relativo à agricultura. Este termo está relacionado com o cultivo ou a lavoura da terra, incluindo todos aqueles trabalhos relacionados com a plantação de vegetais e o tratamento do solo.

A exploração agrícola, por conseguinte, é composta pelas actividades socioeconómicas que permitem obter riqueza da terra. Aos produtos obtidos através das explorações agrícolas dá-se-lhes o nome de produtos agro-pecuários, ao incluir a produção agrícola e a criação de gado.

As actividades agro-pecuárias fazem parte do sector primário da economia, que implica a transformação dos recursos naturais em produtos não elaborados. A agricultura, a criação de gado, a apicultura, a caça, a pesca e as explorações florestais estão incluídos no sector primário.

A exploração agrária pode ser directa (se o proprietário for o responsável directo da exploração) ou indirecta (quando se arrenda ou se cede o uso da terra). Ambas as explorações podem ser levadas a cabo com o trabalho de jornaleiros (que cobram por dia de trabalho), empregados (com relação de dependência ao proprietário e um salário mensal) ou através do trabalho familiar (o proprietário e os seus familiares dedicam-se a trabalhar no campo).

As estatísticas indicam que, em todo o mundo, existe uma exploração agrícola por cada doze habitantes. Desse grande número, apenas 15% das explorações supera os dois hectares.