Conceito.de
Conceito de

Desmatamento

Desmatamento designa a remoção total ou parcial da vegetação nativa de uma determinada área. E esse se trata de uma prática que causa diversos problemas ambientais.

desmatamento
O desmatamento se configura em uma prática que gera muitos problemas

Há muitas causas para o desmatamento, mas em sua maioria estão aquelas provocadas pela ação humana, com atividades que geram o agravamento disso. Dentre essas atividades há como citar a mineração, a atividade agrícola desenfreada, a exploração dos recursos naturais, queimadas, entre outras.

Existe no Brasil o chamado Código Florestal, que compreende diretrizes sobre como a vegetação terá que ser tratada. E esse código vale especialmente para as áreas em propriedades privadas, já que nelas a cobertura da vegetação tende a ser maior do que nas áreas públicas.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • O desmatamento compromete a biodiversidade, afeta a cadeia alimentar e pode levar a extinção de muitos animais.
  • Impacta negativamente o ciclo hidrológico, aumentando as chances de enchentes, diminuindo o fluxo de rios em períodos secos e impactando a disponibilidade de água para os ecossistemas e as comunidades humanas.
  • Contribui para a emissão de gases efeito estufa, favorecendo o aquecimento global e influenciando desastres climáticos como tempestades e secas.
  • The exploração ilegal de florestas e a indústria madeireira são forças motrizes do desmatamento, levando à perda de biodiversidade e causando danos irreparáveis à natureza.

Consequências do desmatamento

Essa remoção da vegetação nativa ocasiona muitas consequências, dentre as quais se pode citar o comprometimento da biodiversidade. Muitas espécies acabam perdendo o seu habitat natural devido a isso, o que favorece a extinção de muitos animais. A cadeia alimentar também é afetada, já que com isso os alimentos de muitas espécies estariam mais escassos.

Há como impacto negativa do desmatamento também o comprometimento das atividades econômicas como a pesca.

O desmatamento também provoca alterações importantes no ciclo hidrológico. A remoção das coberturas florestais diminui a capacidade para retenção de água, ocasionando mudanças nos padrões de precipitação, elevando as chances enchentes e diminuindo o fluxo de rios em períodos secos. Tal interferência no ciclo hidrológico acomete a disponibilidade de água para os ecossistemas e as comunidades de seres humanos.

Mas o desmatamento ainda contribui para a erosão do solo e para a desertificação, processos que afetam a fertilidade do solo. Quando a cobertura vegetal é removida, então isso deixa o solo exposto à ação erosiva da água e do vento, o que causa a perda de nutrientes importantes para que haja o crescimento das plantas.

A liberação dos gases de efeito estufa seria outro resultado do desmatamento, já que as árvores armazenam elevadas quantidades de carbono.

O que ocorre é que as árvores absorvem o CO2 presente na atmosfera, sendo ele armazenado nos galhos, troncos e folhas delas. Se as florestas são desmatadas, então o carbono armazenado é liberado na atmosfera, favorecendo o aumento do efeito estufa e fazendo as mudanças climáticas serem mais rápidas.

Essas mudanças climáticas têm associação com o aquecimento global, afetando os padrões climáticos e agravando eventos extremos, como é o caso de secas e de tempestades, com consequências significativas na biodiversidade e na sociedade.

Invasão e exploração ilegal como causas do desmatamento

conceito de desmatamento
O desmatamento agrava o efeito estufa

A invasão e a exploração ilegal de áreas florestais se configuram em ameaças crescentes ao meio ambiente global, acentuando o desmatamento e as suas consequências devastadoras.

Esses são fenômenos geralmente alimentados por interesses econômicos, onde grupos criminosos fazem a invasão de terras protegidas, desrespeitando tanto as leis ambientais quanto as sociais. Essa prática favorece significativamente a destruição dos ecossistemas e a perda de biodiversidade.

A exploração ilegal geralmente tem associação com a extração de recursos naturais, a exemplo da madeira nobre e dos minerais. Mas nisso não se consideram as repercussões ambientais. Essas atividades clandestinas culminam em desequilíbrios ecológicos, extinção de muitas espécies e, também, impactos nas comunidades locais que necessitam de tais ecossistemas para sua subsistência.

O desmatamento que sucede devido a invasão ilegal, como citado, ainda favorece as mudanças climáticas.

Combater essa problemática exigirá ações coordenadas, a exemplo do fortalecimento da aplicação da lei. Também se faz necessário o envolvimento das comunidades locais para que protejam suas terras e promovam práticas sustentáveis visando garantir a preservação dos recursos naturais. Com isso ainda se mantém o equilíbrio ambiental.

A indústria madeireira e os danos à vegetação

A indústria madeireira é uma das grandes causadoras do desmatamento. Ela impulsiona a exploração indiscriminada das florestas a fim de atender à demanda por madeira.

O corte ilegal e insustentável das árvores, em muitos casos promovido por práticas inadequadas, favorece a perda de cobertura florestal. Há uma busca por lucro rápido que conduz à exploração excessiva de recursos, afetando ecossistemas importantes.

A ausência de regulamentação eficaz e de práticas de manejo sustentável geram mais impactos negativos por meio da indústria madeireira, o que culminam em danos irreparáveis para a biodiversidade e os serviços ecossistêmicos, ao passo que nutre o ciclo de desmatamento e de degradação ambiental.

Manejo sustentável como estratégia contra o desmatamento

O manejo sustentável surge como uma estratégia eficaz em prol de prevenir e diminuir o desmatamento.

Ao adotar práticas que geram equilíbrio na colheita de recursos naturais com a conservação, tal abordagem foca em garantir a viabilidade, no prazo, dos ecossistemas florestais. Um exemplo seria a gestão responsável na extração de madeira, a qual compreende práticas como: replantio, seleção de árvores e a preservação de áreas centrais. E isso é algo que atende as necessidades atuais e preserva a biodiversidade e os serviços ecossistêmicos, ajudando a sustentabilidade.

Citação

SOUSA, Priscila. (16 de Dezembro de 2023). Desmatamento - O que é, causas, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/desmatamento