Conceito.de

Conceito de fidelidade

A fidelidade é a lealdade para com uma pessoa. O termo provém do latim fidelĭtas e também permite fazer referência à exactidão ou pontualidade na execução de uma acção.

A fidelidade é a virtude de cumprir/honrar uma promessa. Quando um homem se casa com uma mulher, promete-lhe/jura-lhe fidelidade, e vice-versa. Trata-se de um acordo que implica uma série de responsabilidades e que é suposto não ser violado por nenhuma das partes. Prometer é um compromisso, uma vez que se decide que é o que se vai fazer num futuro incerto.

A pessoa fiel é aquela que cumpre com as suas promessas e que continua a ser leal mesmo com o passar do tempo e apesar das várias e eventuais circunstâncias. A fidelidade consiste, por outro lado, em seguir um projecto de vida que foi estabelecido a partir do acto da promessa.

A fidelidade num matrimónio pode ser uma obrigação moral (aqueles que são casados pela Igreja devem obedecer à vontade de Deus) ou legal (quando é o Estado quem certifica a união do casal). Posto isto, aqueles que forem infiéis podem ser castigados de acordo com as normas em vigor no país em questão. Outrora, até existiam castigos corporais (físicos) e torturas aos infiéis.

Além da própria relação entre o casal, a fidelidade é uma virtude que nasce do respeito pela confiança que uma pessoa deposita na outra. Não só se deve ser fiel no amor, mas também na amizade e no dever (quando alguém dá a sua palavra de honra), por exemplo.

Por fim, no que diz respeito aos aparelhos de áudio, diz-se que são de alta-fidelidade quando proporcionam uma reprodução muito fiel do som, isto é, de elevada qualidade.