Conceito de visa


Mai 31, 13

Visa é uma norma que rege entre países para legalizar a entrada e a estadia de pessoas numa nação onde estas não tenham a nacionalidade, ou o livre-trânsito.

Visa, por outro lado, é uma famosa marca de cartões de crédito e débito que funciona em todo o mundo. A sua sede central encontra-se em São Francisco, nos Estados Unidos. De acordo com as estatísticas, os cartões Visa geram um volume de vendas anual próximo dos 3 milhões de milhões.

Por outro lado, “visa” é o verbo “visar” conjugado na 3ª pessoa do singular do Presente do Indicativo. Aliás, visar um documento significa validá-lo, isto é, pôr-lhe um visto. Um visto, por sua vez, é um documento que é anexado ao passaporte pelas autoridades para provar que este foi examinado e que foi considerado válido para entrar ou sair do país.

Existe, por exemplo, o visto de turista, que é concedido a quem pretender visitar um país para o conhecer. Este visto não permite que o visitante trabalhe ou realize negócios no país de acolhimento. A sua extensão de validade pode ir até aos seis meses.

O visto de trabalho, o visto de estudante e o visto diplomático são outros tipos de visto existentes. A obrigação de visto para os cidadãos de certos países é o reflexo de pressões políticas e interesses económicos, uma vez que os vistos atentam contra a união dos povos.

Voltando ao verbo “visar”, tem outras acepções, nomeadamente ter algo em vista, ter por fim, referir-se a algo ou ainda mirar (apontar a arma contra algo).