Conceito de burocracia




Jun 01, 12 Conceito de burocracia

O termo burocracia provém do francês bureaucratie, cuja raiz é bureau (“oficina”). O conceito permite fazer alusão à organização que é regulada por normas que buscam uma ordem racional na gestão e na distribuição dos seus assuntos.

A burocracia também é o conjunto dos funcionários públicos, sendo que o termo, neste contexto, tem uma conotação negativa: entende-se por burocracia a administração ineficiente resultante de toda a papelada e das formalidades, e a influência excessiva dos funcionários nos assuntos públicos. Por exemplo: “Devido à maldita burocracia, vou ter de andar à procura dos meus recibos de salários dos últimos trinta anos; caso contrário, não vou ter direito a qualquer subsídio”, “A burocracia, na hora dos trâmites, levou-me a abandonar a ideia de ingressar na universidade pública”.

Apesar desta acepção negativa do termo, a sociologia e as ciências administrativas consideram que a burocracia é a estrutura que se caracteriza pelos procedimentos regularizados e explícitos. A burocracia implica relações hierárquicas e impessoais, a especialização do trabalho e a divisão de responsabilidades.

Em termos teóricos, a burocracia permite que as normas proferidas pelas autoridades sejam executadas de forma precisa e em conformidade com procedimentos previamente estipulados. Desta forma, é reduzido o erro humano e o processo das acções é transparente.

A visão negativa da burocracia deve-se à rigidez destes mesmos processos, os quais podem tornar excessivamente lento qualquer tipo de trâmite. Por outro lado, a burocracia não tem em conta as alterações que possam surgir posteriormente no quotidiano e que exijam novas soluções para problemas inéditos.