Conceito de crueldade


Dez 04, 13

É considerada crueldade qualquer acção cruel e desumana que causa dor e sofrimento noutro ser. Quanto àquilo que representa este termo, derivado do latim crudelĭtas, pode-se citar como exemplo e representação a impiedade, a inumanidade e a frieza de espírito.

Uma crueldade pode ser cometida por pessoas de todas as idades e prejudicar qualquer tipo de criatura. Uma criança, por exemplo, pode levar a cabo, na escola, a crueldade de humilhar com frases cruéis um companheiro por este ser de outra nacionalidade, ao passo que um adulto pode ser cruel com o seu filho ao não celebrar o seu aniversário como castigo por brigar com os seus irmãos.

Obrigar um cavalo a carregar muito peso, espalhar veneno na rua para matar animais abandonados e abandonar um cão no meio de uma estrada são, da mesma forma, exemplos de crueldade, neste caso, para com os animais.

Este vocábulo que engloba práticas aberrantes motivadas pelo homem também permite resumir numa única palavra atitudes desalmadas que provocam o sofrimento das pessoas idosas, as quais, devido à crueldade dos outros, muitas das vezes, se vêem expostas a maus tratos físicos e psicológicos, já que, lamentavelmente, há pessoas que não hesitam em fazer-lhes mal por terem consciência de que se trata de seres indefesos.

Para a psiquiatria, a crueldade é um distúrbio psicológico que consiste na obtenção do prazer através do sofrimento dos outros ou na indiferença perante a dor alheia. A crueldade também é associada ao sadismo, que é a excitação que se sente ao causar dor nos outros.