Conceito.de

Conceito de amensalismo

Escutar o artigo

O amensalismo (em inglês “amensalism”) é a interação entre espécies distintas que resulta numa delas afetando a outra. Nesse contexto, uma espécie sofre danos pela outra. Essa é chamada também de interação negativa e uma das espécies ali impede que a outra cresça e sobreviva ou mesmo se reproduza.

amensalismo
A interação entre espécies no amensalismo resulta numa delas prejudicada

Para que tal fato aconteça (os danos de uma espécie a outra) é comum que uma das espécies realize a secreção de substâncias que afetarão a outra. A espécie que prejudica a outra (que expele as substâncias) é chamada de inibidora e a espécie afetada é chamada de amensal.

Posto isso, segundo especialistas em biologia, a interação entre espécies, no chamado amensalismo, pode ser negativa ou não gerar efeito algum. Tal interação é importante porque possibilita o estudo das relações entre predadores e presas no que tange a cadeia alimentar.

Esse processo é reconhecido como importante por biólogos, pois ajuda em diversos tipos de pesquisas, a exemplo disso pode-se citar o fato de se conseguir analisar os impactos das pragas em plantações, analisando ainda o crescimento e desenvolvimento das plantas, assim como analisar as espécies que podem afetar as bacias hidrográficas de forma negativa ou positiva.

Amensalismo na medicina

O amensalismo não traz apenas malefícios, mas, como citado, ele é importante para estudos e também é aplicado em benefício dos seres humanos. Um exemplo comum do uso desse processo é na produção de antibióticos, a exemplo da penicilina, que tem a capacidade de inibir a proliferação de bactérias. A penicilina, que é muito usada na medicina, é secretada por fungos que são pertencentes ao gênero Penicillium.

Sua influência na ecologia e na economia

Mas esse processo possui também influencia a ecologia e a econômica. E como exemplo disso pode-se citar o fenômeno da maré vermelha.

Existem certas espécies de algas planctônicas dinoflageladas que podem fazer a água ter uma coloração avermelhada, nisso produzindo toxinas. Quando há elevação na temperatura da água ou quando há aumento dos nutrientes ali, então essas espécies crescem de maneira exagerada, o que aumenta as toxinas ali.

Tal acontecimento pode gerar danos graves, pois é capaz de gerar intoxicação e causar a morte das espécies marinhas que ingerem essa água ou que consomem o zooplâncton, que se alimenta de tais algas, um fato que afetaria toda a teia trófica.

Outros exemplos de amensalismo

conceito de amensalismo
No amensalismo uma espécie pode se apossar dos nutrientes de outra

Também como exemplo do amensalismo há as plantas que inibem o desenvolvimento de outras plantas. Nesse caso, tem-se como exemplo o eucalipto, que produz substâncias que inibem o desenvolvimento de outras que estejam plantas próximas a ela. No geral, essas substâncias encontram-se nas folhas, que ao caírem liberam essas substâncias e afetam negativamente as outras plantas, afetando a germinação de suas sementes. A esse processo é também dado o nome de alelopatia.

Mais um exemplo de amensalismo é quando os fungos atuam se apossando dos nutrientes de outras populações, enquanto expelem substâncias que afetam o crescimento dessas populações. Desse modo, a interação que acontece aqui é uma interação negativa, onde os fungos são fortalecidos e enfraquecem ou neutralizam outras populações, gerando a perda de nutrientes nelas e pondo em risco sua existência.

A noz preta também produz uma toxina (que é conhecida como “junglone”) que afeta o crescimento de outras plantas que estejam próximas a ela, algo que faz com que a competição pela sobrevivência num dado local se reduza. Essa substância impede que as demais plantas ali tenham acesso a energia que precisam para realizarem a produção fotossintetizada. Como resultado dessa interação, as plantas que são afetadas por essa substância ficam com as folhas amareladas e murchas, o que pode levar a morte delas. A toxina jungline é mais encontrada em locais como brotos, cascos e raízes das nozes pretas.

No reino animal

Mas o amensalismo não acontece apenas entre plantas, ele pode ainda acontecer entre animais e plantas e o ambiente a sua volta.

Um exemplo disso é no caso da transferência de porcos selvagens para um novo habitat, onde eles tomam os nutrientes que encontram pelo caminho, em seguida havendo a excreção de substâncias que podem gerar contaminação em rios, solos, plantas, áreas úmidas, entre outros, sendo algo que geraria danos para a agricultura, mas sem que os porcos sejam afetados.

Outro exemplo foi no caso de coelhos trazidos para a Austrália a fim de serem usados como caçadores, mas ao invés disso eles se tornaram pragas, afetando o habitat, contudo sem que fossem afetados.

Mais um exemplo é no caso dos elefantes, que não se relacionam bem com espécies vegetais, uma vez que as substâncias existentes em sua urina e nas fezes podem trazer patógenos que causam redução ou mesmo o extermínio de outras espécies, ainda contaminando os rios. Nesse caso, eles também geram efeitos negativos nos demais, mas eles não afetados nessa interação.

Citação

SOUSA, Priscila. (24 de Março de 2022). amensalismo. Conceito.de. https://conceito.de/amensalismo