Conceito.de
Conceito de

Economia verde

Economia verde se trata do modelo de economia que procura diminuir os riscos ambientais e também a escassez de recursos naturais. Com isso se tem um desenvolvimento sustentável, aliado a melhorias no bem-estar dos seres humanos.

economia verde
A economia verde foca em se ter um desenvolvimento econômico sustentável

Com esse tipo de economia se tem a preservação ambiental, o que ajuda ainda a ter um crescimento econômico e desenvolvimento sustentável dos mercados. E para isso são realizados estudos e usadas diferentes ferramentas que ajudam a entender o comportamento das pessoas, logo, psicologia e sociologia são essenciais.

Moda sustentável, finanças verdes e produtos orgânicos também são compreendidos nessa economia.

Se tem pouco tempo, veja o índice ou o resumo com os pontos-chave.

Origem do conceito de economia verde

Foi no ano de 2008, através do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), que tal termo surgiu. O foco era elaborar um conjunto de ações visando o estabelecimento de uma economia com foco no bem-estar das pessoas, na diminuição dos riscos para o meio ambiente e, ainda, na conservação do meio ambiente.

Com isso, há uma conciliação do crescimento da economia de um país com a preservação ambiental. E alia-se a isso o desenvolvimento com sustentabilidade.

Por meio desse modelo econômico se tem o uso eficiente dos recursos providos pela natureza. E com isso, os impactos das atividades humanas são atenuados.

Os negócios que aderem a isso, não importando de que setor sejam, passam então a usar práticas mais sustentáveis. E isso ocorre tanto devido a preocupação com o meio ambiente e a sua preservação, como ainda devido a esse crescimento por essa preocupação por parte dos clientes, que buscam empresas que tenham essa consciência ambiental.

Empresas dos setores de energia, transporte, agricultura, industrial e mais aderem mais e mais a esse tipo de economia.

Empregos verdes

Por meio da economia verde se criaram ainda os chamados de empregos verdes. Esses são empregos que aliam o mercado de trabalho com temas ambientais. Os postos de trabalho nesse caso contribuem com a redução das emissões de carbono, por exemplo, mas há muitas outras medidas usadas em prol da preservação da qualidade de vida e da proteção ambiental.

Dentre os setores que possuem esse tipo de emprego há: setores de gestão de resíduos ou de eficiência energética.

Cabe citar que a economia verde e tudo mais ligado ou originado dela é importante para preservar os recursos naturais para as próximas gerações. Além disso, com ela se consegue reduzir os impactos ligados às mudanças climáticas.

Pilares da economia verde

Os pilares ou princípios da economia verde se tratam de elementos que a sustentam. E aqui há como destacar os seguintes:

  • Sustentabilidade ambiental: a conciliação da preservação do meio ambiente com o desenvolvimento econômico. E aqui usam-se práticas para reduzir os impactos que as atividades humanas causam no meio ambiente;
  • Economia circular: a economia verde ainda estimula o reaproveitamento de materiais. Aqui, então, há processos como reutilização e também reciclagem, evitando o descarte de tais recursos. Com isso, há economia também financeira, além da menor dependência da matéria-prima virgem;
  • Participação do governo e outros: a mudança para a economia verde necessita de uma abordagem inclusiva. Nesse caso, a participação da sociedade civil, do setor privado e também das instituições governamentais é importante. Uma governança transparente e participativa incita o diálogo e a colaboração entre tais atores diversos. E assim há como tomar decisões que impulsionariam o desenvolvimento sustentável. Tal abordagem gera equidade e fortalece a implementação eficaz de políticas ambientais e sociais;Parte superior do formulário
  • Inclusão social: na economia verde há também a promoção da igualdade social. Nesse caso, todos poderiam usufruir dos benefícios obtidos com o desenvolvimento sustentável. E entra nesse contexto a criação dos empregos verdes, assegurar os direitos dos trabalhadores e mais ações.

Exemplos de ações da economia verde

conceito de economia verde
Na economia verde, a energia solar é essencial

A economia verde é estimulada por práticas que focam na sustentabilidade ambiental e no uso eficiente de recursos naturais. As empresas e a sociedade tendem então a adotar distintas iniciativas quanto a isso.

Um exemplo é o uso da energia solar, que abarca a instalação de painéis solares para a geração de eletricidade limpa e renovável. Com isso, é reduzida a dependência por fontes não renováveis, como o petróleo.

Mais uma fonte de energia verde é a biomassa. Essa aproveita os resíduos orgânicos, a exemplo de resíduos agrícolas e de madeira, com foco na produção de energia térmica ou elétrica, o que ajuda na redução do desperdício e, ainda, diminui as emissões de gases de efeito estufa.

No caso da agricultura, a mudança para métodos orgânicos é algo muito importante. E aqui a chamada de agricultura orgânica compreende o cultivo de alimentos sem uso de agrotóxicos ou de fertilizantes químicos, o que preserva a saúde do solo e diminui a contaminação ambiental.

Há ainda as agroflorestas, caracterizadas como um modelo inovador que associa árvores, criação de animais e agricultura nos sistemas sustentáveis, incitando a biodiversidade e a proteção do solo.

Na construção civil, ainda, a sustentabilidade é obtida por meio de materiais e técnicas que reduzem o impacto ambiental. E aqui se tem como exemplos o uso de materiais reciclados, implementação de sistemas de captação de água da chuva, etc.

Energia eólica, energia hidrelétrica, bioenergia, carros elétricos e transporte sustentável são outras medidas úteis nesse contexto.

Citação

SOUSA, Priscila. (29 de Março de 2024). Economia verde - O que é, conceito, origem e exemplos. Conceito.de. https://conceito.de/economia-verde