Conceito.de

Conceito de homo sapiens sapiens

O género de primatas hominídeos que faz parte da tribo dos homininis recebe o nome de Homo. Todas as espécies, à excepção do Homo sapiens (o homem actual), estão extintas.

Os Homo terão surgido há cerca de 2,4 milhões de anos. Os antepassados mais próximos do ser humano pertencem a este género, cujos sobreviventes mais recentes (sem contar o mencionado Homo sapiens) são o Homo neanderthalensis e o Homo floresiensis.

O Homo sapiens sapiens é considerado como uma subespécie do Homo sapiens. As características do Homo sapiens sapiens são as que definem o homem moderno: no entanto, desde algum tempo que esta denominação deixou de ser usada, uma vez que se descartou o nexo filogenético entre o Homo neanderthalensis e o ser humano de hoje em dia.

Pode-se dizer, no entanto, que o Homo sapiens sapiens é o género cujos integrantes apresentam a mesma anatomia que as povoações humanas da actualidade e que desenvolvem aquilo que se conhece como sendo um comportamento moderno.

Os restos dos Homo sapiens sapiens mais antigos foram encontrados na Etiópia (com uma antiguidade de 195.000 anos) e na África do Sul (125.000 anos).

Os especialistas em genética chamam Eva mitocondrial à mulher africana que supõe o antepassado feminino comum mais recente do ser humano, que terá possuído as mitocôndrias das quais descendem os Homo sapiens sapiens.

Num sentido semelhante, Adão cromossomial-Y terá sido o homem africano que representa o ancestral masculino comum mais recente do Homo sapiens sapiens.