Conceito.de

Conceito de pastelaria

O termo pastelaria refere-se ao estabelecimento onde se produzem ou se comercializam diversos tipos de alimentos doces, como pasteis, bolos, tartes, facturas e outros.

Exemplos: “Por favor, vai à pastelaria comprar uma tarte de morangos antes que chegue a avó Marta”, “Entrar nesta pastelaria é uma tentação! Tudo o que oferece parece-me delicioso”, “A primeira coisa que aprendi quando comecei a trabalhar na pastelaria do meu pai foi decorar tartes”.

Existem, de qualquer modo, estabelecimentos conhecidos por outros nomes que também vendem pastéis e doces, como as padarias e as confeitarias.

A noção de pastelaria, no entanto, não se usa apenas para designar o espaço onde se confeccionam e/ou vendem as sobremesas e os doces, mas também se utiliza para evocar o conjunto formado por este tipo de refeições e os saberes e as técnicas relacionadas com a sua preparação: “A minha neta quer estudar pastelaria”, “Vou aprender pastelaria para abrir um negócio”, “O melhor deste restaurante é a sua pastelaria”, “A pastelaria grega destaca-se pelo uso abundante de mel”.

Entre os ingredientes mais usados na pastelaria, destacam-se o chocolate, a baunilha, as natas, o açúcar, a levadura, a farinha, a manteiga e os ovos. Também é frequente o uso de frutas, frutos secos e merengue.

Ao contrário de outras especialidades culinárias, a pastelaria presta muita atenção à decoração e à apresentação das suas preparações. Um mesmo pastel pode ser muito diferente de acordo com as habilidades decorativas do pasteleiro.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (29 de Janeiro de 2015). Conceito de pastelaria. Conceito.de. https://conceito.de/pastelaria