Conceito.de

Conceito de quietude

Quietude é um termo que deriva de quietudeo, um vocábulo latino. O conceito é usado para designar aquilo que não se move e que, por conseguinte, se encontra num estado de repouso.

Exemplos: “Num dia como o de hoje, a quietude do mar convida a navegar”, “Não suporto la quietude das pessoas que têm problemas e não fazem nada para os resolver”, “É um povo bastante pacato, embora a quietude pode aborrecer certas personas”.

A quietude pode ter uma conotação positiva ou negativa (pejorativa) conforme o contexto. Por norma, está associada à paz e à tranquilidade. Neste sentido, as pessoas costumam procurar a quietude, isto é, a paz ou o sossego quando precisam de descansar ou relaxar, uma vez que supõe afastar-se da pressão (o stress) e dos problemas da vida moderna.

Noutros casos, no entanto, a quietude está relacionada com a falta de acção ou actividade, uma questão que pode ser nociva. Se um político falar da “quietude do mercado turístico”, só para citar uma possibilidade, estará a fazer referência a que não se regista actividade no sector e que, por conseguinte, não há rendimentos.

Um individuo imerso na quietude, por outro lado, pode estar a atravessar um estado depressivo. Por norma, espera-se que as pessoas estejam em movimento, tanto físico como mental: um sujeito deve ir trabalhar ou estudar, ter uma vida social, contar com projectos a levar a cabo/realizar, etc. Se, pelo contrário, permanece todo o dia deitado, sem sair de casa, encontrar-se-á num estado de quietude que não é saudável.

A falta de actividade pode ter consequências negativas tanto a nível físico como mental. O corpo necessita de movimento para funcionar correctamente; quanto mais não seja sair para caminhar uma hora por dia e respirar ar mais limpo que possamos encontrar é uma boa forma forma de evitar todo o tipo de complicações musculares e ósseas que se dão depois de passarmos horas sentados ou deitados, especialmente se não adoptarmos uma boa postura.

No que diz respeito ao cérebro, não nos podemos esquecer que vivemos imersos num sistema no qual o contacto com os restantes seres vivos nos abre portas. A quietude que implica não se relacionar com pessoas alimenta uma sensação de insatisfação para com a vida que se pode escudar na falsa ideia de que não precisamos dos outros para se estar bem. Porém, esta ideia não é saudável, já que é através dos laços sociais que podemos empreender projectos a grande escala, estudar, aprender de outras culturas, sentir o prazer de ajudar alguém quando mais precisa ou receber ajuda nos momentos mais difíceis.

Abrir-se para os outros traz muitos mais benefícios do que aquilo que parece; para além de nos proporcionar oportunidades de tipo cultural e profissional, por exemplo, ajuda-nos a conhecermo-nos melhor, uma vez que quando nos vemos reflectidos noutro ser vivo, conseguimo-nos manter distantes e saltar certos aspectos da nossa pessoa que não sejam evidentes na quietude da intimidade.

Os melhores exemplos da importância de manter a mente e o corpo activos são aquelas pessoas idosos que parecem nunca de esgotarem que, apesar da sua idade estão sempre activas e com empreendimentos, e que contrastam violentamente com os pobres idosos que passam os seus dias fechados num lar sem forças para se assear ou comer por sua conta. Evitar um final depende de nós.

O descanso é indispensável para gozar de saúde física e mental, pelo qual não se deve confundir a quietude, na sua acepção negativa, com o repouso. Para manter activo também é necessário recuperar as energias e saber utilizá-las no momento de maior produtividade.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

barlavento

A ideia de barlavento refere-se ao lugar de onde o vento vem. É o conceito oposto à ideia de sota-vento: o setor oposto àquele...

Conceito de

barista

O Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa da Michaelis faz menção ao uso do termo barista. O termo utiliza-se com...

Conceito de

bário

O bário é um metal cujo número atômico é 56. É um elemento químico pesado e macio, encontrado em diferentes minerais e que...

Conceito de

barítono

O termo barítono deriva do grego “barytonos” que se pode traduzir como “de voz grave”. Denomina-se...

Conceito de

baricentro

A noção de baricentro é formada com a palavra grega “barýs” (que pode ser traduzida como “grave”) e o...

Conceito de

barca

O termo barca, que tem sua origem etimológica na língua latina, é usado para nomear uma embarcação de tamanho reduzido....

Conceito de

barbeiro

A noção de barbeiro vem do termo barba: os pelos que cobrem o início do pescoço, o queixo e a área das bochechas. O...

Conceito de

barema

A etimologia do barema nos leva ao “barème” francês, que por sua vez vem do nome de um matemático: François...

ARQUIVOS