Conceito de trabalho




Dez 06, 10 Conceito de trabalho

O conceito do trabalho pode ser abordado a partir de diversos enfoques. A sua definição básica indica que é a medida do esforço feito pelos seres humanos. Na visão neoclássica da economia, por exemplo, constitui um dos três factores da produção, juntamente com a terra e o capital.

Ao longo da história, a forma predominante do trabalho foi a escravidão (trabalho forçado, em que um homem domina outro, impedindo-o de tomar decisões livremente). A partir de meados do século XIX, a escravidão começou a diminuir e foi declarada ilegal. Desde então, o trabalho assalariado passou a ser a forma dominante do trabalho.

Esta concepção do trabalho indica que um indivíduo realiza uma certa actividade
produtiva pela qual aufere um salário, isto é, o preço do trabalho dentro do mercado
laboral. A relação de trabalho (relação laboral) entre o empregador (a entidade patronal)
e o empregado está sujeita a diversas leis e convenções, embora também exista aquilo a
que se chama de trabalho ao negro (aquelas contratações realizadas de forma ilegal e
que permitem explorar os interesses do trabalhador).

Outras formas de trabalho possíveis são o trabalho autónomo produtivo (através
do qual se exercem as profissões liberais e o comércio/a actividade comercial, por
exemplo), o trabalho informal de sobrevivência e a servidão, entre outras.

Apesar de existir o trabalho ad honorem que não implica uma retribuição económica
(geralmente realizado com fins sociais ou educativos), considera-se que o trabalho é
uma actividade realizada em troca de uma contraprestação económica. Por isso, existe
uma frase que afirma que “trabalho é aquilo que não farias se não te pagassem por
isso”.