Conceito.de

Conceito de destilação

Com origem no vocábulo latino destillatĭo, destilação é o processo e o resultado de destilar. Este verbo significa filtrar ou fazer que pingue um líquido, ou obter a separação de um componente relativamente a outros através da aplicação de calor.

Exemplos: “A destilação do whisky começou a desenvolver-se em finais do século XV”, “No processo de obtenção de combustível, a destilação do petróleo é bastante importante”, “A professora de Química ensinou-nos em que consiste a destilação”.

A noção de destilação costuma ser usada para designar o procedimento que permite separar substâncias que formam uma mescla, através da sua condensação ou da sua vaporização. Graças aos diferentes pontos de condensação e ebulição das substâncias, a destilação possibilita distinguir entre gases liquefeitos, sólidos que estavam dissolvidos e líquidos.
Conforme se desenvolve o processo, é possível falar-se de diversos tipos de destilação. A destilação simples recorre a um dispositivo que trata de arrefecer o vapor que se gera para condensá-lo.

Quando os componentes a destilar têm pontos de ebulição similares, deve-se utilizar um aparelho conhecido como coluna de fraccionamento que permite desenvolver uma sucessão de destilações simples de forma continuada. Ao processo em si dá-se-lhe o nome, neste caso, de destilação fraccionada.

Outro tipo de destilação é a destilação a seco, que consiste em aquecer um sólido para o transformar num gás que se pode condensar. Esto é usado para conseguir um combustível líquido a partir de um sólido como o carvão, só para mencionar uma possibilidade.