Conceito.de
Conceito de

Fusões e aquisições

Fusões e aquisições são processos de união entre duas empresas para transferir ou consolidar ativos, processos e mais.

fusões e aquisições
As fusões e aquisições são estratégias comuns entre empresas

As fusões e aquisições (que em inglês usa a sigla M&A – Mergers and Acquisitions) são transações que tanto envolvem a união de empresas como também a compra de uma empresa por outra.

Mas é importante dizer que a expressão designa conceitos distintos. Enquanto a fusão se trata da união entre sociedades, a aquisição se configura na absorção que uma sociedade faz de outra.

E essas operações são importantes no mundo dos negócios, pois possibilitam que empresas conquistem seus objetivos estratégicos, ampliem seus mercados e potencializem o seu valor para os acionistas.

Na fase inicial das negociações, é comum que as partes assinem uma carta de intenções. É nessa carta onde se descrevem os termos da transação, com ambas concordam em prosseguir e realizar a due diligence legal, due diligence financeira e também a operacional.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • O preço é uma questão crucial nas negociações de fusões e aquisições, uma avaliação justa é feita considerando vários fatores, incluindo desempenho financeiro e ativos da empresa.
  • A cultura corporativa tem um papel importante nas fusões e aquisições, as empresas buscam alinhar suas culturas organizacionais para garantir uma integração suave e eficiente, reduzindo a perda de talentos.
  • Antes de qualquer fusão ou aquisição, as empresas realizam uma due diligence, um processo de investigação sobre aspectos financeiros, legais, operacionais e comerciais da empresa alvo.
  • Uma das motivações para fusões e aquisições são as sinergias corporativas, que se referem a oportunidades de redução de custos, eficiência operacional, acesso a novas tecnologias ou mercados e fortalecimento da posição competitiva.

Preço e valorização nas fusões e aquisições

Nas negociações de fusões e aquisições, o preço se trata de uma questão crucial. Os envolvidos nesse tipo de negociação buscarão determinar o valor da empresa de maneira justa, considerando para isso variados fatores, tais como: desempenho financeiro, ativos tangíveis e intangíveis, entre outros.

O EBITDA (Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) também é algo comumente utilizado para avaliar a rentabilidade de uma empresa e impacta nas negociações de preço.

Cultura corporativa e fusões amigáveis

A cultura corporativa (ou cultura organizacional) também dispõe de um importante papel nas fusões e aquisições.

É comum, nesses casos, que as empresas alinhem suas culturas organizacionais visando garantir uma integração suave e eficiente. Isso compreende a criação de um ambiente onde os funcionários sintam que são valorizados e motivados, reduzindo desse modo o risco de perda de talentos ao longo do processo de integração. E assim se tem uma aquisição amigável.

Mas nem todas as fusões e aquisições são amigáveis. Pode haver uma aquisição hostil, que é quando uma empresa adquire uma quantidade de ações de outra empresa que lhe permitiria assumir o controle, ainda que contra a vontade da administração dessa última empresa.

Desse modo, essa primeira empresa adquiriu, através da compra excessiva de ações, uma empresa que não estava à venda.

Due diligence e análise de riscos

Mas antes da realização de uma fusão ou aquisição, as empresas fazem uma due diligence. Ela se trata de um processo que envolve uma investigação minuciosa sobre aspectos financeiros, legais, operacionais e também comerciais da empresa (ou empresas).

A análise de riscos, nesse caso, é essencial para detectar obstáculos ou problemas que surjam durante ou após a transação.

Sinergia empresarial e estratégia de crescimento

Um dos principais foco das fusões e aquisições são as sinergias corporativas ou empresariais. Isso pode se revelar de distintas formas, incluindo a diminuição de custos, ampliação da eficiência operacional, acesso a novas tecnologias ou mercados e o fortalecimento da posição competitiva.

A estratégia de crescimento recebe impulso da busca por essa sinergia corporativa. E isso possibilita que as empresas ampliem suas operações e elevem o valor para os acionistas.

Fusão horizontal e fusão vertical

As fusões podem ser classificadas em horizontais e verticais.

No caso das fusões horizontais, elas sucedem quando empresas de um mesmo setor se aliam, visando a consolidação da sua posição de mercado e a redução da concorrência.

Já as fusões verticais compreendem empresas em variados estágios da cadeia de valor. E essas visam garantir o controle sobre os recursos ou processos chave e elevar a eficiência operacional

Fluxo de caixa descontado e valoração de empresas

Uma das metodologias comumente usadas para saber o valor de um negócio é o fluxo de caixa descontado. E com isso ela ajuda nos processos de fusões e aquisições.

Essa é uma técnica que avalia o valor atual dos fluxos de caixa da empresa com base no que ela pode gerar futuramente. E para isso se considera o risco e também o custo de oportunidade do capital. Isso proporciona uma avaliação mais precisa sobre o valor da empresa do que proporcionariam métodos baseados em lucro ou receita.

Auditoria e modelo de negócios

conceito de fusões e aquisições
Na fusão, duas empresas se aliam e formam outra, já na aquisição uma empresa compra outra e assume o controle

Na fase de due diligence, que se aplica para saber mais sobre uma empresa antes da compra, é feita ainda uma auditoria. Essa auditoria verifica a precisão e a honestidade quanto as informações financeiras e operacionais da chamada de empresa alvo (aquela que se pretende adquirir ou fundir a outra).

Uma auditoria inclui revisões detalhadas de contratos, registros contábeis, passivos e ativos.

Além disso, nesse processo, a compreensão sobre o modelo de negócios da empresa alvo ajuda a avaliar seu potencial de crescimento e a sua capacidade de proporcionar valor no longo prazo.

Aquisição de dívida nas fusões e aquisições

Em certas transações de fusões e aquisições, a empresa adquirente (que adquire outra) poderia assumir parte ou integralmente a dívida da empresa alvo (previamente acordado). E a empresa que faz esse tipo de processo visaria talvez usufruir de benefícios fiscais, reestruturar a dívida, etc.

Citação

SOUSA, Priscila. (12 de Fevereiro de 2024). Fusões e aquisições - O que são, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/fusoes-e-aquisicoes