Conceito de semântica




Nov 04, 11 Conceito de semântica

Semântica provém do vocábulo grego que se pode traduzir por “arte da significação”. Trata-se daquilo que pertence ou é relativo à significação das palavras. Por extensão, entende-se por semântica o estudo do significado dos signos linguísticos e das suas combinações.

A semântica está portanto associada ao significado, ao sentido e à interpretação de palavras, expressões ou símbolos. Todos os meios de expressão incluem uma correspondência entre as expressões e determinadas situações ou coisas, podendo ser do mundo material ou abstracto. Por outras palavras, a realidade e os pensamentos podem ser descritos através das expressões analisadas pela semântica.

A semântica linguística estuda a codificação do significado no contexto das expressões linguísticas. Pode-se dividir em semântica estrutural e semântica lexical. A denotação (a relação entre uma palavra e aquilo a que se refere) e a conotação (a relação entre uma palavra e o seu significado de acordo com certas experiências e o contexto) são objectos de interesse da semântica.

O estudo do referente (aquilo que a palavra denota, como um nome próprio ou um substantivo comum) e do sentido (a imagem mental que cria o referente) também fazem parte da semântica linguística.

A semântica lógica, por outro lado, analisa os problemas lógicos de significação. Nesse sentido, estuda os signos (parênteses, quantificadores, etc.), as variáveis e constantes, os predicados e as regras.

A semântica nas ciências cognitivas, por fim, foca-se no mecanismo psíquico entre os interlocutores no processo comunicativo. A mente estabelece relações permanentes entre as combinações de signos e outros factores externos que introduzem significado.