Conceito de devastação


Ago 02, 14

Do latim devastatĭo, devastação é a acção e o efeito de devastar. Este verbo significa destruir ou reduzir a pedaços algo. O uso mais habitual do conceito está associado à destruição de um território, que arrasa os seus terrenos e as suas construções.

Exemplos: “Após o tsunami, a devastação da região costeira foi total”, “O governador chamou a população a trabalhar em conjunto para reconstruir o povo depois da devastação”, “Nunca poderei apoiar um governo que ordenou a devastação de um país vizinho por motivos étnicos”.

A devastação pode produzir-se por diversos motivos. Diversos fenómenos naturais, como um terramoto, um tsunami, uma erupção vulcânica ou uma inundação, podem devastar um território e gerar desde perdas materiais milionárias até à morte de um grande número de pessoas.

As cidades que se encontram em zonas que costumam sofrer catástrofes naturais dispõem de protecções especiais e de mecanismos de emergência para actuar em caso de algum fenómeno. Por mais que o homem possa fazer, no entanto, pode ser insuficiente para evitar la devastação, como aconteceu, por exemplo, com o terramoto e posterior tsunami que afectou o Japão em 2011.

É importante destacar que a devastação também pode ser provocada pelo ser humano. As bombas nucleares arrojadas pelos Estados Unidos sobre Hiroshima e Nagasaki em 1945 são uma prova disso.