Conceito de saciedade


Fev 15, 16

Saciedade é um conceito que deriva de satiĕtas, um vocábulo latino. A noção faz referência à sensação que ocorre ao satisfazer de maneira excessiva um certo desejo ou uma necessidade.

Exemplos: “O idoso comeu durante horas sem alcançar a saciedade”, “Os nutricionistas tentam sempre fazer com que os seus pacientes tenham mais saciedade e menos apetite”, “Há escritores que corrigem e corrigem os seus contos até à saciedade”.

O habitual é que a ideia de saciedade se associe à alimentação. Uma pessoa alcança a saciedade quando o seu organismo já não lhe pede alimentos. A saciedade, neste sentido, aparece quando o organismo não requer mais nutrientes.

Quando uma pessoa segue uma dieta especial para perder peso, o objectivo costuma ser alcançar a saciedade com uma menor quantidade de alimentos (ou com alimentos menos calóricos). Isto traduz-se na ingestão de menos alimentos sem que o indivíduo sinta aquilo a chamamos fome ou apetite.

A saciedade também pode estar relacionada com outras necessidades ou desejos. Um adolescente pode ver durante horas fio uma série na televisão até à saciedade (isto é, até à exaustão, até não lhe apetecer mais ver a série em questão). Um jornalista, por sua vez, pode reler os seus artigos várias vezes até alcançar a saciedade e considerar que já não tem que continuar a corrigi-los.

Em alguns casos, a saciedade é considerada como algo de que já se cansou ou esgotou: “Falou-se do projecto até à saciedade, está na hora de deixar as palavras e de passar à acção”.