Conceito.de
Conceito de

Rebranding

Rebranding se trata da revisão e reformulação dos elementos que compõem a marca. E isso incluiu a sua identidade visual, sua mensagem e também a sua estratégia de marketing, objetivando uma renovação expressiva.

rebranding
O rebranding ajuda a agregar valor para uma marca

A palavra “rebranding” tem se origina com a combinação de “re” (que é um prefixo usado para indicar “novamente”) e “branding” (que é um termo usado para designar a criação e gestão de marcas).

O marketing e a publicidade seguem em constante evolução, sendo que as marcas devem acompanhar tais mudanças com o intuito de permanecerem relevantes e atrativas perante o público-alvo. E um modo maneira eficaz de alcançar isso é por meio do rebranding.

Rebranding é conhecido por ser um processo estratégico visando a transformação da identidade visual de uma marca, sua mensagem e posicionamento.

E ele possui um papel crucial na longevidade de uma marca nesse mercado cada vez mais competitivo.

Conforme as tendências mudam e há uma evolução nos gostos dos consumidores, as marcas necessitam se adaptar para seguirem atraindo e retendo clientes. Isso poderia ser conquistado através da atualização da imagem da marca, a conservando alinhada com as expectativas e os valores do público-alvo.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • O rebranding é uma ferramenta de planejamento estratégico que não deve ser feito de modo precipitado, e é mais apropriado quando a marca está ampliando ou modificando suas ofertas, precisando ajustar sua identidade visual, mensagem e posicionamento.
  • Rebranding também é eficaz em caso de mudanças no mercado e nas preferências dos consumidores, onde a marca precisa se adaptar à nova demanda e se comunicar de forma eficaz com seu novo público-alvo.
  • Atualização da imagem da marca, incluindo paleta de cores, design gráfico e tipografia, pode ser um motivo para rebranding, ajudando a manter a identidade da marca relevante e atraente para uma nova geração de consumidores.
  • Existem diferentes abordagens para rebranding. O rebranding parcial envolve pequenas alterações, enquanto o rebranding evolutivo implica em uma transformação gradual, e por último, o rebranding radical implica em profundas e significantes mudanças em vários aspectos da marca.

Quando realizar o rebranding

O rebranding se traduz numa ferramenta poderosa, porém que exige uma abordagem estratégica bem planejada. Logo, não se trata de algo que uma marca faça de modo precipitado ou superficial.

Cada rebranding precisa ter um propósito claro e uma estratégia sólida que o direcionará. A seguir há alguns cenários onde o rebranding é apropriado e estrategicamente benéfico.

Mudança na proposta de valor

A proposta de valor de uma marca se trata do coração da identidade da mesma.

Quando uma marca opta por ampliar a sua linha de produtos ou de serviços, ampliando ou modificando sua oferta, isso comumente exigirá uma alteração na proposta de valor. O rebranding pode se configurar numa maneira eficaz de noticiar essa evolução para os consumidores.

Se a marca passa por um rebranding nesse contexto, há como realizar ajustes na sua identidade visual, mensagem e posicionamento a fim de refletir a nova direção. Isso ajuda a prevenir a confusão entre os consumidores e a ressaltar a mensagem de que a marca se encontra em sintonia com as suas necessidades e desejos.

Reposicionamento no mercado

Mudanças no mercado e nas preferências dos consumidores tendem a motivar uma marca para reavaliar seu posicionamento. Para chegar até um novo mercado-alvo, o rebranding seria a ferramenta eficaz, ajudando a comunicar tal mudança estratégica.

O rebranding neste cenário abrange o adaptar da identidade visual e da mensagem da marca a fim de atrair o novo público-alvo. Essa tática permite que a marca conserve sua autenticidade, ao passo em que se liga de modo significativo com os novos segmentos de consumidores.

Atualização da imagem

A imagem de uma marca se trata de uma parte essencial de sua identidade. Contudo, a paleta de cores, o design gráfico e a tipografia que eram atrativos antes podem se tornar obsoletos. A melhoria das tendências de design e o desejo de conservar uma aparência fresca e moderna se tratam de motivos frequentes para um rebranding que visa a atualização da imagem.

Ao optar por tal tipo de rebranding, a marca poderá revitalizar sua identidade visual visando retratar as sensibilidades estéticas atuais. Isso não somente mantém essa identidade relevante num contexto visual atual, como ainda atraia uma nova geração de consumidores que dão valor para a inovação e o estilo.

Superar desafios de reputação

conceito de rebranding
O rebranding ainda ajuda a empresa  a destacar seu compromisso com a transparência e as mudanças

Uma reputação lesada seria uma barreira expressiva para o sucesso de uma marca. Quando uma marca encara desafios de reputação, seja por conta de questões de qualidade, controvérsias públicas ou demais questões, um rebranding estratégico seria uma forma de limpar a imagem e ter de volta a confiança do público.

O rebranding, nesse contexto, não somente modifica a identidade visual, mas ainda redefine a mensagem e o posicionamento da marca. Isso possibilita que a marca mostre seu compromisso pela mudança, a transparência e em melhorar de forma contínua, além de ressaltar seus valores frente as situações passadas.

Concorrência intensa

Conforme os mercados crescem e a concorrência aumenta, as marcas devem enfrentar o desafio de se sobressair.

Um rebranding estratégico proporcionaria uma maneira de se destacar num mercado saturado e definir uma vantagem competitiva.

E tal tipo de rebranding envolveria a revisão da identidade visual, melhoria mensagem da marca e, ainda, a criação de outra proposta de valor que repercuta com os consumidores diante da competição. Assim, a marca atrairia a atenção dos consumidores, tendo agora uma posição de destaque.

Tipos de rebranding

Existem diferentes abordagens para o rebranding, cada uma com seu grau de mudança. Aqui estão três tipos principais:

Rebranding parcial: sucede ajustes pontuais, a exemplo da atualização de logotipo, slogan ou nos elementos visuais. Se tratam de alterações sutis, mantendo a identidade da marca;

Rebranding evolutivo: aqui a marca sofre uma transformação gradual. Tende a incluir mudanças na mensagem, estratégia de marca, identidade visual, etc. a fim de se adaptar às necessidades do mercado;

Rebranding radical: esse processo envolve mudanças mais profundas em vários aspectos da marca. Tende a incluir uma elaboração de nova identidade visual, nova abordagem de comunicação, etc.

Citação

SOUSA, Priscila. (29 de Agosto de 2023). Rebranding - O que é, tipos, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/rebranding